background image

Consagrados ao Coração

de Maria desde 1967

Detalhe

1-5-2017

VENEZUELA: Apoio à subsistência e ministério de catorze religiosas e quatro diáconos da Diocese de La Guaira



A Venezuela está actualmente a atravessar uma profunda crise económica e política. A inflação galopante transformou muitas das comodidades quotidianas em luxos inacessíveis. O abastecimento de água é desadequado em muitas zonas e o sistema de assistência médica praticamente entrou em ruptura. A insegurança e a violência estão em toda a parte e a taxa de criminalidade está a aumentar.


Na Diocese de La Guaira, no norte do país, há catorze religiosas de várias congregações que estão a ajudar a cuidar da população necessitada, juntamente com dois diáconos permanentes e dois diáconos em preparação para a ordenação sacerdotal. A desagregação familiar está cada vez mais presente, com muitas crianças deixadas por conta própria e idosos sem ninguém que cuide deles. Esta crise está a deixar cada vez mais pessoas num estado de apatia e desespero. Desiludidas e amarguradas, já não têm forças para ter esperança ou para cuidar uns dos outros com amor. O resultado, mais uma vez, é um aumento da violência, da toxicodependência e do crime.


Por esta razão, as religiosas e os diáconos têm muito trabalho. Eles cuidam dos idosos e dos órfãos, organizam um serviço de refeições ao meio-dia para crianças que não têm ninguém que cuide delas em casa, têm uma loja de roupas oferecidas para os pobres e cuidam dos doentes. Acima de todas estas actividades importantes, contudo, está o seu trabalho pastoral, uma vez que através dele levam luz e esperança ao coração das pessoas. Assim, proclamam a Boa Nova às crianças e aos jovens na catequese, levam a Sagrada Comunhão aos doentes, orientam grupos de estudo da Bíblia, organizam retiros e visitam as aldeias remotas. Também dão formação aos catequistas leigos para que possam preparar os fiéis nas paróquias a fim de receber os sacramentos e ensinam-lhes a Palavra de Deus. Todo este trabalho representa uma contribuição vital a fim de ajudar a escapar da espiral viciosa de desespero e aflição.


Escusado será dizer que as próprias religiosas e os diáconos são profundamente afectados pela crise económica. Também eles têm de se esforçar para obter o seu pão de cada dia, os cuidados médicos fundamentais e os meios essenciais de que precisam com urgência para si próprios e para os outros.

 

 

 
 

Sugerimos ajudá-los com uma contribuição de 11.000 €.


 

Apoie este projecto

 

 

 

O seu donativo irá financiar este ou outro projecto semelhante.  

 

 


 

OBSERVATÓRIO: Venezuela

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

Um milhão de crianças rezam o terço


18-10-2017

catalogo