<
background image

Dê aos cristãos

a oportunidade de voltar para casa

Saiba mais

 
África
Array
   Cristãos
   Animistas
   Muçulmanos
   Outras Religiões
Católicos Baptizados
2.038.000
Circunscrições Eclesiásticas
10
Superfície
112.622
População
9.211.741
Refugiados
Desalojados
Benin

 

A Constituição protege a liberdade de religião e o Governo em geral respeita este direito nas suas políticas, tentando protegê-la de abuso de poder governamental ou privado e apoiando a prática livre da religião.

Em geral há boas relações entre os diferentes grupos religiosos, o que tem contribuído para um sólido desenvolvimento da liberdade religiosa.

A visita de Sua Santidade o Papa Bento XVI, de 18 a 20 de Novembro de 2011, criou uma impressão importante no país, tal como relatado pelo Osservatore Romano  pela mão do Bispo de Cotonou, Antoine Ganyé. No mesmo artigo, o P. Pamphile Fanou, pároco da Igreja de São João Baptista e encarregado da pastoral das prisões, disse “que, no seguimento da leitura da Exortação Apostólica, Africae munus, o Governo enviou advogados e juízes a visitarem periodicamente as prisões e a tornarem-se pessoalmente conscientes não apenas de possíveis erros judiciais, mas também das condições vividas pelos presos, corrigindo assim possíveis abusos”.


Católicos

Há dez distritos eclesiais, 338 paróquias e 801 centros pastorais, apoiados por onze bispos, 811 sacerdotes, 1.386 religiosas e padres, trinta membros leigos de instituições seculares e 11.251 catequistas. Há 308 seminaristas de seminários menores e 497 seminaristas de seminários maiores.

Ao todo, 57.771 estudantes participam em 234 instituições educativas católicas, desde infantários até universidades. Entre as instituições no Benim que pertencem à Igreja ou são geridas por sacerdotes ou religiosos encontram-se doze hospitais, sessenta e quatro clínicas, três centros de tratamento da lepra, sete lares de idosos ou para pessoas deficientes, quarenta e um orfanatos e infantários, três centros de aconselhamento familiar e outros centros pró-vida, e três outros institutos.


Outras religiões


Há muitos muçulmanos no norte e no sudeste do país e os cristãos vivem sobretudo no sul, especificamente em Cotonou, a capital económica do país. Quase todos os muçulmanos são sunitas, enquanto os poucos muçulmanos xiitas emigraram sobretudo para o Médio Oriente.

Muitos cristãos e muçulmanos praticam igualmente os ritos religiosos indígenas.

Não é pouco comum no Benim que os membros da mesma família pratiquem o Cristianismo, o Islão e as religiões indígenas tradicionais, sobretudo o vudu, ou uma combinação de várias crenças.

Este sincretismo religioso nas famílias e comunidades permitiu a propagação de uma atitude de tolerância religiosa a todos os níveis da sociedade e em todas as regiões.

No período examinado por este relatório não houve acontecimentos significativos a relatar, nem houve quaisquer sinais de violação do direito à liberdade religiosa.




« Voltar