background image

Síria

Renascer dos escombros...

Saiba mais »

ESTANDARTE DE CRISTO

Lançamentos

ESTANDARTE DE CRISTO


04-03-2013 , 31-03-2014

 

«Lembram-se do Menino Jesus que nasceu em estandartes há 3 anos?

Felizmente cresceu e apresenta-Se, também em estandartes, o ESTANDARTE DE CRISTO, para nos ajudar neste Ano da Fé, no acto principal da nossa Salvação, fazendo-nos compreender o quanto valemos para Ele, deixando-Se crucificar por nosso Amor.»

 

P. Nuno Serras Pereira, OFM

 

A Fundação AIS tem a alegria de poder ajudar na divulgação desta iniciativa, junto dos seus milhares de amigos e benfeitores. Faça parte desta demonstração de amor Àquele que deu a vida por nós. Jesus Cristo!


A cor de fundo é a mesma do Natal, cor do Sangue derramado para nos resgatar. A auréola dourada à volta da cabeça de Jesus significa a Sua Gloriosa Ressurreição.

 

O material é em lona com impressão de alta qualidade, quatro ilhoses e fitas para prender na varanda ou janela.  

 

Pode adquiri-lo pessoalmente em:

  Fundação AIS - R. Professor Orlando Ribeiro, 5D - 1600-796 Lisboa

•  Domus Pater Werenfried - R. Francisco Marto, 205 - 2495-448 Fátima

 

> Encomenda no local: 10€ / cada

> Encomenda por correio: mínimo 10 estandartes - 10€ / cada + despesas de envio

(partilhe esta iniciativa na sua paróquia, comunidade, grupo de amigos e falia e faça a sua encomenda em conjunto)

 

Faça aqui o seu pedido »

 

Mais informações em:

estandartedecristo@gmail.com
Tel. 217140515 |
Tlm: 96 801 67 84 ou 96 448 52 35

 

Estandarte Cristo Crucificado
“O Filho encarnado, o ‘Logos’ encarnado, é coroado com uma coroa de espinhos; e ainda assim, nesta figura sofredora do Filho de Deus, começamos a ver a beleza mais profunda do nosso Criador e Redentor; podemos, no silêncio da "noite escura", escutar a Sua Palavra. Crer não é mais do que, na escuridão do mundo, tocar a mão de Deus e, assim, no silêncio, escutar a Palavra, ver o Amor”.
 
Bento XVI agradeceu novamente ao cardeal Ravasi, manifestando o desejo de fazer outras “caminhadas… neste universo misterioso da fé, para sermos mais capazes de orar, de rezar, de anunciar, de ser testemunhas da verdade, que é bela, que é amor”.

“Por fim, caros amigos, – concluiu - gostaria de vos agradecer a todos, não apenas por esta
semana, mas por estes oito anos em que levaram comigo, com  grande competência, afecto, amor e fé, o peso do ministério petrino. Permanece em mim esta gratidão e embora termine a “exterior”, “visível” comunhão - como disse o cardeal Ravasi - permanece a proximidade espiritual, permanece uma profunda comunhão na oração. Nesta certeza avancemos, confiantes da vitória de Deus, confiantes da verdade da beleza e do amor”.
 
Papa Bento XVI
 

 




 
*Sem Comentários
deixar comentario
 

OBSERVATÓRIO: Afeganistão

 
Mês:
 

Apresentação do Relatório Liberdade Religiosa no Mundo 2018 | SETÚBAL


23-03-2019

catalogo