background image

Presentes de Fé

Bow

Este natal, dê um presente que permaneça!

Bow

Saiba mais »

RedWednesday

Eventos

RedWednesday


27-11-2019 , 31-12-2019

A intolerância religiosa é inadmissível!

Por demasiado tempo o mundo fechou os olhos à perseguição religiosa!  

 

#RedWednesday é um evento promovido pela Fundação AIS em solidariedade com todas as pessoas que são perseguidas e martirizadas por causa da sua fé.  

 

No próximo dia 27 de Novembro, em sintonia com diversas cidades em todo o mundo, alguns monumentos simbólicos vão ser iluminados em Portugal numa iniciativa da Fundação AIS em que se procura combater a indiferença da sociedade perante esta realidade dramática dos tempos actuais.

 

Esta iniciativa, conhecida como "Red Wednesday" (Quarta-feira vermelha), ocorre em simultâneo em países como Alemanha, Chile, Estados Unidos da América, Austrália, Canadá, Reino Unido, Áustria, Holanda, Eslováquia, Filipinas e Itália, informou a Fundação AIS.


Em Portugal, Lisboa, Porto, Braga, Bragança e Almada… são algumas das cidades que asseguraram já que vão estar unidas à Fundação AIS, o que traduz uma adesão crescente de Portugal a esta iniciativa.

 

Una-se a esta corrente de oraçãp e se estiver em Lisboa compareça num destes três locais:

 

SANTUÁRIO

CRISTO REI

MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS

IGREJA DO

CAMPO GRANDE

16h30 Oração do terço

 

18h30 Oração do terço

 

19h00 Missa com o testemunho do Pe. Gaetan, sobre a Rep. Centro-Africana

 

17h00 Missa com o testemunho do Pe. Gaetan, sobre a Rep. Centro-Africana

 

19h00 Missa

 

20h00 Oração do terço

 
18h00 Iluminação de vermelho do Cristo Rei
20h00 Iluminação de vermelho do Mosteiro dos Jerónimos 

20h30 Iluminação de vermelho da Igreja do Campo Grande  

 

» Descarregue aqui o guião de oração e junte-se a esta corrente de oração:

/uploads/user_id_1/file/20191122181722_Flyer_Oracao_Terco_RedWednesday.pdfguião de oração

 

» Descarregue aqui o folheto explicativo para ajudar a divulgar esta iniciativa

/uploads/user_id_1/file/20191122181645_Desd._Redwednesday_Nov19.pdfFolheto explicativo

 

 

O relatório ‘Perseguidos e Esquecidos?’, lançado em Lisboa em Outubro, é taxativo na avaliação que faz da questão da perseguição aos Cristãos. A situação no Médio Oriente, por exemplo, revela-se mesmo dramática. A forte instabilidade que se vive na região poderá vir a acelerar o fim do cristianismo em países como a Síria ou o Iraque, se a comunidade internacional não actuar rapidamente.


No entanto, infelizmente, tanto Ásia como África revelam também sinais inquietantes de crescente hostilidade para com os Cristãos. Perante esta realidade, em que milhões de pessoas em todo o mundo não podem professar a sua fé em liberdade, pois são perseguidas, intimidadas, presas e muitas vezes mortas, impõe-se a mobilização da sociedade.

Neste dia, serão iluminados de vermelho, a cor que simboliza o sangue dos mártires, monumentos como o Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa; a Sé Catedral, em Bragança; a Basílica dos Congregados, em Braga; o Santuário de São Bento da Porta Aberta, também em Braga; e o Santuário do Cristo Rei, em Almada, decorrendo em todos eles momentos de oração pelos Cristãos perseguidos.

 
A adesão da sociedade portuguesa a esta iniciativa da Fundação AIS tem-se revelado cada vez maior, com a participação, de norte a sul do país, de paróquias, movimentos e grupos que não querem deixar passar esta oportunidade sem manifestarem a sua solidariedade por todos os homens, mulheres e crianças impossibilitados de viver a sua fé em total liberdade.

 

Exemplo disso, a paróquia do Campo Grande, em Lisboa, está a organizar um momento de oração vocacionado especialmente para os jovens.

 

Com esta iniciativa, a Fundação AIS procura dar um sinal de que no nosso país os cristãos perseguidos não são esquecidos.


Contamos com o seu envolvimento e se puder com a sua presença!

 




 
comentarios
 
Nome:
Adelino Conceição Serra Serra
Comentário:
Muito obrigado pela bela ajuda que me deram pois, já estou a organizar o terço que está bem estruturado. Um abraço em Cristo Rei. A. Serra.
 
deixar comentario
 

OBSERVATÓRIO:

 
Mês:
 

Presépio na Cidade


19-12-2019

catalogo