background image

INFORMAR // IMPRENSA // Logo AIS

A HISTÓRIA DO SÍMBOLO

 

A Fundação AIS foi fundada em 1947 pelo Padre Werenfried van Straaten, um monge holandês (1913 -2003) como resposta ao apelo à reconciliação feito pelo Papa Pio XII no final da II Guerra Mundial.

Os "padres de mochila" e as "capelas rolantes" procuraram oferecer não apenas ajuda material, mas sobretudo o apoio espiritual para todos os refugiados na Alemanha.

Com o começo da Guerra Fria, o P. Werenfried orientou a sua atenção para as necessidades da Igreja na Europa Central e do Leste, onde a fé começava a ser perseguida e a liberdade religiosa negada. Foi nessa altura que se desenhou o nosso logo:


 

 logo Fundação AIS O círculo representa o mundo e a linha branca que corta o circulo na vertical é a Cortina de Ferro, que marca a divisão ideológica, política e social entre o Ocidente, a Rússia Comunista e a Europa do Leste.

A cruz à esquerda representa a Igreja no Ocidente. A seta que fura a linha divisória e aponta para o Oriente ilustra o apoio pastoral da AIS para as Igrejas para lá da Cortina de Ferro. Actualmente está presente em todo o mundo, portanto, a seta continua o seu movimento circundando a Terra.

A cor vermelha representa o sangue derramado pelos mártires do passado e do presente.

 

Identidade gráfica da Fundação AIS

Descarregue aqui:  PDF  JPG   EPS

 

 

Mês:
 

1 Milhão de Crianças Rezam o Terço


18-10-2019

catalogo