background image

Detalhe

6-8-2010

Paquistão: AIS ajuda população vítima das cheias



A organização católica internacional Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) está a auxiliar as populações afectadas pelas inundações no Paquistão, que afectaram mais de quatro milhões de pessoas.


De momento, foi feito o envio de uma primeira ajuda de 15 mil euros para a localidade de Nowshera, que será administrada pelas Missionárias de São Tomé Apóstolo, destinando-se a conseguir mantimentos, alojamento e vestuário para as pessoas atingidas.


O responsável pela paróquia do Santo Nome, Padre Tom Rafferty, explicou que as necessidades na localidade de Nowshera são cada vez mais urgentes diante da ameaça de várias doenças e do estado cada vez mais crítico da região.


"As inundações foram a causa da perda de muitas vidas e muitas localidades desapareceram. Regista-se um grande dano nas propriedades e nas infra-estruturas", destacou o sacerdote.


Deste modo, Padre Rafferty descreveu o que qualificou como a "milagrosa" sobrevivência de 1500 cristãos em Nowshera. "Nós e o nosso povo escapámos com vida graças a Deus, porque pudemos ser evacuados dos nossos lares para as escolas católicas e protestantes em Nowshera e Risalpur".


A Ajuda à Igreja que Sofre continua a acompanhar a situação da população do Paquistão para poder enviar novos auxílios, quanto antes.

 

Se puder ajudar faça aqui o seu donativo. 

 

 


Departamento de Informação da Fundação AIS - info@fundacao-ais.pt


 

OBSERVATÓRIO: Paquistão

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

TANZÂNIA | Documentário AIS na RTP


21-08-2019

catalogo