background image

Detalhe

12-11-2010

PAQUISTÃO - Reconstrução após cheias: deslocados cristãos ignorados pelo Governo


 

"A reconstrução pós-cheias já começou, mas são cerca de 20 mil famílias cristãs deslocadas e completamente abandonadas pelo Governo. A discriminação continua. Apenas algumas Igrejas cristãs e algumas ONGs de inspiração cristã trabalham com elas", contou o P. Mario Rodrigues, Director das Pontifícias Obras Missionárias do Paquistão.


"Terminadas as inundações, explica o sacerdote o país vive agora a difícil fase de reconstrução. Existem grandes dificuldades, porque os fundos colocados à disposição pelo Governo não são suficientes. Por outro lado, continuam a lidar com a situação de emergência, a distribuir alimentos e a combater a deterioração das condições de saúde, marcadas pela presença perigosa de doenças como a dengue e a cólera".

 

Mas, na mentalidade da sociedade paquistanesa, "nesta fase os cristãos são desprezados e marginalizados, são os últimos da lista. Não são dignos de atenção das autoridades governamentais ou provinciais. Por este motivo, a Igreja concentra-se na ajuda das famílias cristãs, caso contrário são destinadas à miséria, com riscos para a sua sobrevivência", disse o P. Rodrigues.


"Os refugiados cristãos espalharam-se por todo o país: especialmente nas províncias de Sindh, Punjab e algumas também no norte de Khyber Pakhtunkhwa (ex-fronteira do noroeste). A situação pior regista-se em Punjab, onde as autoridades governamentais são hostis aos cristãos e não parecem ter nenhuma intenção de ajudá-los".



As iniciativas do Governo como o "cartão de deslocado" estão a tornar-se práticas de corrupção e má administração, causando um enorme descontentamento. O P. Mario, fazendo-se de porta-voz de milhares de deslocados cristãos, conclui: "O Governo paquistanês está atento apenas às necessidades dos proprietários ricos com posses e não se preocupa com o enorme número de pobres que perderam tudo. E entre eles, os cristãos são os mais pobres dos pobres".

 

Fonte: Agência Fides 

 


 

OBSERVATÓRIO:

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

TANZÂNIA | Documentário AIS na RTP


21-08-2019

catalogo