background image

Detalhe

18-7-2014

Iraque: Isis corta fornecimento de comida a cristãos para os submeter ao islamismo


O ISIS, o movimento jihadista que controla uma parte considerável do território do Iraque e da Síria, deu ordens aos funcionários governamentais da cidade de Mossul para deixarem de dar alimentos aos cristãos e aos xiitas que vivem na cidade. 


De acordo com a agência de notícias Aina, o funcionário encarregado de distribuir as rações no bairro Rifaq, afirmou ter recebido ordens do ISIS (Estado Islâmico do Iraque e do Levante, agora rebaptizado de Estado Islâmico) para reduzir a distribuição das rações.


O referido funcionário, identificado como Fadel Younis, disse ter recebido esta ordem e também a ameaça de que se desse comida aos cristãos e xiitas, seria julgado ​​de acordo com a “sharia”.


Esta medida insere-se na aplicação rigorosa da lei islâmica e está de acordo com o conceito de “dhimma” em que se procura dificultar ao máximo a vida dos povos conquistados forçando-os á conversão ao islamismo.


A ração que agora está a ser negada aos cristãos inclui três itens, um dos quais é farinha. 


PA | Departamento de Informação da Fundação AIS | info@fundacao-ais.pt


 

OBSERVATÓRIO: Iraque

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

TANZÂNIA | Documentário AIS na RTP


21-08-2019

catalogo