background image

Detalhe

21-7-2014

Iraque: Jihadistas incendeiam sede do arcebispado sírio-católico de Mossul


São cada vez mais os sinais de ataque dos jihadistas do ISIS contra a comunidade cristã em Mossul, a segunda cidade iraquiana que foi conquistada pelas suas forças.


Hoje, a sede do arcebispado sírio-católico de Mossul foi incendiado por membros do Estado Islâmico do Iraque e do Levante (ISIS), dando um sinal mais da extrema vulnerabilidade em que se encontram os cristãos no “califado” instaurado nas regiões controladas por este movimento radical islâmico. 


Os militantes do ISIS ameaçam agora matar os cristãos a não ser que se convertam ao islamismo, assinalando as suas casas e tomando posse de todos os seus haveres. 


"É horrível. Isto é uma vergonha para a comunidade internacional ", disse o patriarca sírio-católico Ignace Joseph III Younan, numa primeira reacção a este ataque, em declarações à agência de notícias AGI.


Entretanto, ontem, o Papa Francisco referiu-se à situação preocupante em que se encontram os cristãos no Médio Oriente e em particular no Iraque. 


Após a recitação do Ângelus, o Santo Padre afirmou ter recebido “com preocupação as notícias que chegam das comunidades cristãs de Mossul, no Iraque, e de outras partes do Médio Oriente, onde elas, desde o início do cristianismo, viveram com os seus concidadãos, oferecendo um contributo significativo para o bem da sociedade”.


Uma vez mais, o Papa Francisco recordou a situação de perseguição que atinge a comunidade cristã em tantas partes do mundo, sublinhando que todos estão presentes na oração da Igreja. “Sei quanto sofreis, sei que fostes despojados de tudo. Estou convosco na fé naquele que venceu o mal”, acrescentou.

 

Expressando o desejo de que os caminhos do diálogo e da paz se sobreponham à violência, o Papa Francisco lembrou ainda o conflito na Ucrânia e o trágico atentado contra o avião da Malaysia Airlines, atingido por um míssil no final da passada semana e que causou a morte a todos os seus 195 passageiros e tripulantes.


PA | Departamento de Informação da Fundação AIS | info@fundacao-ais.pt


 

OBSERVATÓRIO: Iraque

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

TANZÂNIA | Documentário AIS na RTP


21-08-2019

catalogo