background image

Consagrados ao Coração

de Maria desde 1967

Detalhe

10-8-2016

Iraque: Apelo urgente para assistência médica a refugiados


Há precisamente dois anos, o dia 6 de Agosto ficou marcado na memória de milhares de Cristãos iraquianos como um dia trágico e doloroso. Este foi o dia que mudou a vida de milhares de famílias no Iraque, em que o ISIS, o auto-proclamado Estado Islâmico, invadiu a Planície de Nínive e Mossul, e anunciou que todos se deveriam converter ao Islão. Ou teriam de pagar um imposto. Ou seriam mortos. Cerca de 120.000 cristãos fugiram a pé, levando apenas as roupas que traziam no corpo. Deixando uma vida inteira para trás! 

A maior parte destes refugiados estão no norte do Iraque, na região curda e continuam totalmente dependentes da caridade alheia. De Erbil chega-nos este apelo: “Necessitamos urgentemente da vossa ajuda para dar assistência médica a mais de 2.800 refugiados. Por favor, ajudem-nos!”
   
 
No início, quando a crise do ISIS começou, as pessoas chegaram e abrigaram-se no interior de igrejas e nos jardins. Então, alguns médicos, juntamente com as Irmãs da Santa Cruz, decidiram  que era urgente proporcionar cuidados de saúde a estas pessoas. Foi então que começaram a Clínica de São José em caravanas. 
 
O PAPA FRANCISCO FOI O PRIMEIRO BENFEITOR DESTA CAMPANHA DA MISERICÓRDIA
 
O trabalho desta clínica não passou despercebido ao Papa Francisco. Trata-se da Clínica de São José, em Erbil, que presta auxílio a 2.800 pessoas. A maior parte dos que são ajudados nesta clínica fazem parte das cerca de 12 mil famílias cristãs que tiveram de fugir de suas casas de Mossul e da planície de Nínive, em Agosto de 2014. A pequena Clínica de São José presta-lhes cuidados médicos e as portas estão sempre abertas para todos os que precisam de ajuda. Mas as dificuldades são muitas. Os medicamentos são extremamente caros!…
 
E foi por saber isso que o Santo Padre teve a generosidade de enviar um donativo pessoal, no valor de 100.000€, através da Fundação AIS, para esta clínica. Sem outra fonte de financiamento que não seja a generosidade dos Cristãos em todo o mundo, os responsáveis da Clínica de São José pedem-nos ajuda para continuarem de portas abertas. 
 
(Não perca o vídeo. Clique na imagem)
 
 
 
 

Por favor, ajude este povo que conta consigo »

 
 
O Padre Andrzej Halemba, responsável pelos projectos da Fundação AIS para o Médio Oriente, que acompanhou desde o início os cerca de 120 mil cristãos que fugiram de Mossul quando este foi ocupado pelo Estado Islâmico, na sua recente viagem ao Iraque constatou que "Dois anos depois, não imaginaria que os refugiados cristãos continuariam aqui”.
 
No entanto, fez questão de sublinhar que “a Igreja está a fazer muita coisa por eles, tanto a nível espiritual como psicológico. Os padres, e sobretudo as religiosas, estão próximos. As pessoas estão a viver com a situação. Não digo que queiram viver assim permanentemente, claro que não, mas já perceberam que não foram abandonadas.” Leia aqui a entrevista na íntegra »
   

Não tenham medo da Misericórdia, diz-nos o Papa Francisco.

 

 

OBSERVATÓRIO:

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

MUSICAL | DA MÚSICA À VIDA


22-10-2017

catalogo