background image

Dê aos Cristãos oportunidade de
voltar para casa

Saiba mais

Detalhe

3-10-2017

NEPAL: Um carro para que o único bispo do Nepal possa visitar os seus fiéis e dar-lhes alento



O Nepal foi a única monarquia hindu no mundo durante mais de 240 anos, até à implantação da República em 2008. Embora já não seja religião de Estado desde 2006, os Hindus representam uma maioria de mais de 80% da população e o país é fortemente marcado pelo Hinduísmo. Os Budistas constituem o segundo grupo mais importante, com um pouco mais de 9% da população. Os Cristãos apenas representam 1,4% da população onde está incluída uma minoria de Católicos. Com 8.000 fiéis, os Católicos formam uma minúscula minoria com 0,1%.

A situação no Nepal é delicada: o país tem uma nova Constituição desde 2015, e nesse mesmo ano o país foi atingido por dois terríveis terramotos. Em Maio de 2017 tiveram lugar as primeiras eleições locais, desde há 20 anos. Espera-se que sejam seguidas por eleições legislativas em Janeiro de 2018.

Em Abril de 2017, ocorreu um incêndio criminoso na residência paroquial da catedral de Kathmandu. Graças a Deus ninguém ficou ferido. Os autores deste crime, bem como as suas motivações, são desconhecidos. Não é a primeira vez que a minúscula comunidade católica do Nepal é vítima de atentados. Em Maio de 2009, explodiu uma bomba na catedral e, por isso, muitos católicos ainda hoje têm medo. O Pe. Silas Bogati, vigário-geral, reconhece: “Aqui, os Católicos são, por vezes, discriminados, e apesar de sermos cidadãos nepaleses, somos tratados como cidadãos estrangeiros simplesmente por sermos cristãos. Infelizmente, há sentimentos hostis contra as comunidades cristãs em alguns sectores da sociedade.”

A prefeitura apostólica do Nepal estende-se por todo o país. O Mons. Paul Simick, natural da Índia, viaja bastante para visitar as comunidades e dar-lhes alento. Viaja frequentemente para o leste do país, onde vivem muitos católicos. No entanto, o seu automóvel já tem 12 anos e, durante todo este tempo, foi excessivamente, usado. Já não há peças sobressalentes disponíveis pelo que o bispo se confronta com a necessidade de comprar um novo veículo. O Nepal é maioritariamente rural e a cordilheira dos Himalaias abrange uma grande parte do país, por isso a grande maioria da população vive fora das cidades. Desta forma, as viagens pastorais do bispo são longas e difíceis. A viatura é, pois, muito utilizada.

 

 

Como os automóveis são muito caros no Nepal, o bispo pediu a nossa ajuda e nós comprometemo-nos com um montante de 40.000 €.


 

Apoie este projecto

 

 

 

O seu donativo irá financiar este ou outro projecto semelhante.  

 

 


 

OBSERVATÓRIO:

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

CONCERTO DE NATAL MARIANO | 8 DEZEMBRO


08-12-2017

catalogo