background image

Consagrados ao Coração

de Maria desde 1967

Detalhe

5-10-2017

Egipto: Famílias dos cristãos coptas assassinados na Líbia há dois anos ainda esperam a devolução dos corpos


As famílias dos 21 cristãos coptas degolados numa praia da Líbia em Fevereiro de 2015 ainda aguardam a devolução dos respectivos restos mortais.

Apesar da enorme turbulência em que se encontra a Líbia, com o país dilacerado desde 2011 pela guerra civil, e em que o poder está nas mãos de terroristas e senhores da guerra, as famílias destes cristãos assassinados por jihadistas do auto-proclamado “Estado Islâmico” têm pedido às autoridades do Cairo para ajudarem no resgate dos corpos.

Entretanto, as autoridades líbias, que pertencem ao governo de unidade nacional reconhecido pela ONU, afirmaram na passada semana que prenderam alguns dos responsáveis pelo assassinato dos 21 trabalhadores egípcios.

A morte destes cristãos egípcios, humildes trabalhadores que se encontravam na Líbia na tentativa de auxiliarem economicamente as respectivas famílias, chocou então a opinião pública pela forma encenada como os jihadistas realizaram o macabro assassinato, produzindo até um filme e colocando-o nas redes sociais como propaganda terrorista.

PA| Departamento de Informação da Fundação AIS | info@fundacao-ais.pt

 

OBSERVATÓRIO: Egipto

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

MUSICAL | DA MÚSICA À VIDA


22-10-2017

catalogo