background image

Dê aos Cristãos oportunidade de
voltar para casa

Saiba mais

Detalhe

2-11-2017

PROJECTO FOLHA DE ORAÇÃO MENSAL | NOVEMBRO


 

GÂMBIA: Construção de uma casa para a Comunidade Espiritana, em Bakau

A Gâmbia é o mais pequeno país africano, sem contar com as ilhas, e tem Banjul como capital. Aproximadamente 80% da população depende da agricultura para viver, seja como fonte de rendimento, seja para a própria alimentação. Cerca de 90% da população pratica a religião tradicional africana e 8% são cristãos.

Existe uma só diocese na Gâmbia, constituída por 18 paróquias. O Bispo de Banjul, Robert P. Ellison, em carta enviada à Fundação AIS, conta que 22 padres espiritanos serviam a Igreja Católica na Gâmbia em 1970, sendo a maioria irlandeses. Hoje, a diocese conta com a presença de apenas três desses primeiros padres, já de idade avançada, e um deles é o próprio bispo que nos escreve.

O bispo diz-nos que a principal missão dos missionários era, e continua a ser, viver a fé com respeito e abertura para com a cultura, a crença e os costumes daqueles a quem o Senhor confiou aos seus cuidados. De forma especial os mais necessitados ocupam um lugar privilegiado no trabalho pastoral da diocese. A doação de vida e a fé dos padres estrangeiros deu os seus frutos e hoje 12 padres são provenientes da Gâmbia ou do Gana.

A casa dos Espiritanos foi fundada em 24 de Abril de 1924 e era um anexo da igreja. O edifício ainda existe e tem quatro quartos, uma sala e uma cozinha. Hoje moram quatro padres na casa. Eles não têm como acolher as visitas, nem proporcionar um lugar para os vários encontros. Os padres precisam de recorrer ao aluguer de salas e hotéis, que são bastante dispendiosos na Gâmbia.

Os padres recebiam donativos vindos do estrangeiro, geralmente do país de proveniência dos missionários. Os donativos recebidos destinavam-se a toda a diocese e, com a chegada das vocações africanas, a comunidade deixou de receber tantos donativos, o que impossibilitou a manutenção da casa. Hoje, a casa dos Espiritanos já não é segura para se viver e precisa de ser demolida.

Muitos sentem-se atraídos pelo carisma e o número de missionários está a aumentar. Também por essa razão é necessário um espaço mais amplo e digno para a residência, trabalhos administrativos e pastorais. Os padres planeiam construir uma casa com 11 quartos, uma sala de conferências, dois gabinetes, uma sala de jantar e uma sala de estar. O edifício será construído na Paróquia de Nossa Senhora Estrela do Mar, em Bakau. Bakau fica na costa atlântica da Gâmbia e é a maior periferia de Banjul. A cidade conta com uma população de 70.039, sendo 30% católica.

Os padres muito fizeram em favor da evangelização da Gâmbia e necessitam hoje da nossa ajuda para continuar a exercer a missão que Deus lhes confia.


 
A Fundação AIS contribuirá com 30.000 €.


 

Apoie este projecto

 

 

 

O seu donativo irá financiar este ou outro projecto semelhante.  

 

 

 


 

OBSERVATÓRIO: Gâmbia

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

Lançamento livro "A Caminho do Céu.." e Exposição "Marcas do Calvário"


19-11-2017

catalogo