background image

VENEZUELA

PRECISA DO SEU APOIO E DAS SUAS ORAÇÕES

Saiba mais

Detalhe

7-6-2018

Venezuela: Fundação AIS mobiliza várias frentes na ajuda de emergência ao país de Nicolas Maduro


Cresce, de dia para dia, o número de pessoas atingidas pela fome na Venezuela. Com o país a atravessar provavelmente a crise mais grave da sua história, tem sido a Igreja, através de diversas estruturas e organizações, a providenciar a ajuda de emergência para as populações mais afectadas.

Uma dessas organizações é a Fundação AIS. Juntamente com a Caritas Venezuela, a Ajuda à Igreja que Sofre lançou uma campanha intitulada “enchamos as panelas”, com o objectivo de alimentar as famílias em situação mais desesperada.

Segundo o Arcebispo de Caracas, Cardeal Jorge Urosa Savino, a situação na Venezuela é “muito séria” afirmando mesmo que se está a viver uma “tragédia terrível” com o aumento crescente do número de pobres no país.

Com esta iniciativa, a Igreja já forneceu 150 “panelas” aos venezuelanos, o que se traduziu em refeições para cerca de 15 mil pessoas. O objectivo é duplicar o número de refeições gratuitas até ao final do ano.

Para se compreender a tragédia em que se encontra a Venezuela, refira-se apenas que um quilo de leite em pó custa mais do que o salário médio mensal, que corresponde a cerca de 3 euros.

Além da ajuda material, a Fundação AIS tem vindo também a lançar campanhas de apoio espiritual ao povo venezuelano, mobilizando diversos secretariados a nível internacional.

O director da AIS em Itália, Alessandro Monteduro, afirmou que é necessário “acender um farol para o sofrimento do povo e da Igreja venezuelana”, enquanto em Espanha, o secretariado local da Fundação AIS lançou uma campanha urgente de oração e ajuda para sustentar os sacerdotes deste país latino-americano através do oferecimento de Missas.

A AIS de Espanha destaca o trabalho pastoral que sacerdotes e religiosas estão a realizar na Venezuela “sempre ao lado das famílias e do povo que passa por graves dificuldades”.

A situação crítica que se vive na Venezuela e as dificuldades que atingem também a numerosa comunidade portuguesa residente neste país do continente americano foi também tema em destaque na peregrinação internacional da Fundação AIS a Fátima, em Setembro do ano passado.

O Bispo de La Guaira, D. Raul Castillo, participou nessa peregrinação precisamente para dar conta, de viva voz, ao mundo, das enormes dificuldades que a Venezuela está a enfrentar e da urgência do apoio à igreja no seu país.

D. Raul salientou então que, apesar da crise, da fome e do desemprego, há inúmeros sinais de solidariedade que importa registar. “É muito interessante, nesta grande crise económica, ver muitos jovens e muitas pessoas que nas Caritas paroquiais, todos os dias, realizam almoços solidários para assistir os indigentes, para assistir os mais pobres que vivem nas ruas”, afirmou D. Raul.

A Diocese de La Guaira é um exemplo do que se passa no resto do país, com desemprego elevado e muitas famílias sem recursos para conseguirem sobreviver. O trabalho assistencial desenvolvido pela Igreja só é possível graças à ajuda que é dada por organizações como a Fundação AIS.

“Nós estamos muito agradecidos – disse D. Raul em Portugal – a tantos benfeitores que nos ajudam a ajudar, que nos ajudam a que possamos continuar a ser uma esperança, uma luz para tantos jovens, doentes, crianças, idosos que necessitam de uma presença pastoral… e uma presença pastoral é muito importante para eles.”

Uma ajuda que se tem revelado também essencial para a própria sobrevivência de sacerdotes e de religiosas. “A ajuda que nos dá a Fundação AIS – explicou também o Bispo de La Guaira – é uma ajuda a uma Igreja que sofre, pois tanto as religiosas, como os padres às vezes não têm sequer com que se alimentar, às vezes têm dificuldades, por exemplo, para poderem até comprar uns sapatos…”

PA| Departamento de Informação da Fundação AIS | info@fundacao-ais.pt

 

OBSERVATÓRIO: Venezuela

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

Corrente de Oração Mensal de JUNHO| 22 a 24 de Junho


22-06-2018

catalogo