background image

Dê aos cristãos

a oportunidade de voltar para casa

Saiba mais

Detalhe

12-6-2018

Sudão do Sul: Abertura de nunciatura apostólica é sinal da preocupação do Papa por este país em guerra


O Vaticano vai nomear Monsenhor Marco Kedima, da diocese de Kakamega, no Quénia, como director da nova Nunciatura Apostólica no Sudão do Sul.

A abertura da missão diplomática da Santa Sé no mais novo país do mundo é um sinal do compromisso e da atenção permanente do Papa Francisco perante o clima de guerra civil que se vive no Sudão do Sul praticamente desde que foi proclamada a independência, em 2011.

D. Eduardo Hiiboro Kussala, Bispo de Tombura-Yambio e presidente da Conferência Episcopal do Sudão e Sudão do Sul, já veio aplaudir a nomeação, afirmando que esta decisão “mostra que o Santo Padre tem o Sudão do Sul no seu coração”, fortalecendo, com este gesto, o desejo de todos de se acabar com o conflito e a “necessidade urgente de uma paz duradoura”.

D. Eduardo aproveitou esta ocasião para reforçar o pedido de uma visita do Santo Padre ao seu país.

Uma visita que é também desejada pelo Papa Francisco. Ainda em Março passado, ao receber em audiência membros do Conselho de Igrejas do Sudão do Sul, Francisco manifestou a vontade de que essa viagem tenha um carácter ecuménico.

“Enquanto houver uma parte que seja do corpo da Igreja que sofre, não consegue repousar em paz”, disse então o Papa, reiterando a vontade de visitar o mais jovem país do mundo.

O maior obstáculo para que essa viagem se possa concretizar a curto prazo prende-se com óbvias questões de segurança.

A guerra no Sudão do Sul, que teve o seu início em 2013, já provocou cerca de dois milhões de refugiados que vivem agora em países da região, como a Etiópia, Sudão, Quénia e República Democrática do Congo.

Outra consequência directa do conflito é a existência de 7 milhões de pessoas que precisam urgentemente de ajuda humanitária para poderem sobreviver.

PA| Departamento de Informação da Fundação AIS | info@fundacao-ais.pt

 

OBSERVATÓRIO: Sudão

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

Faça parte desta corrente de oração: Um milhão de crianças rezam o terço


18-09-2018

catalogo