background image

Síria

Renascer dos escombros...

Saiba mais »

Detalhe

6-9-2018

Nigéria: Raptores exigem resgate pela vida de um sacerdote sequestrado no passado sábado


O Padre Christopher Ogaga foi sequestrado por desconhecidos quando viajava no passado sábado de Okpe para Warri, no Estado do Delta, onde iria celebrar uma missa no domingo de manhã na Igreja Mãe do Redentor.

Este sacerdote é igualmente pároco na Igreja Católica de São Lucas e na de São Judas, ambas situadas na região de Okpe.

Na passada segunda-feira, segundo informações divulgadas pela polícia, os sequestradores pediram um  resgate de cerca de  40 mil euros pela libertação do sacerdote.

Muhammad Mustafa, comissário da polícia no Estado do Delta, afirmou entretanto que as forças de segurança estão a tentar localizar o paradeiro dos sequestradores, não tendo dado mais informações sobre a forma como foi pedido o resgate.

O sequestro de pessoas é relativamente comum no Estado do Delta. Muitas vezes, padres ou outros membros da Igreja são o alvo preferencial de bandos armados que semeiam o terror nesta região predominantemente cristã.

Já em Julho, a Conferência Episcopal da Nigéria tinha pedido ao Presidente Muhammadu Buhari para defender as populações da ameaça dos grupos armados.

"Se o Presidente não pode manter o nosso país seguro, então ele automaticamente perde a confiança dos cidadãos”, afirmaram os prelados, comparando a Nigéria dos dias de hoje a um “campo de matança” e a uma “sepultura colectiva”.

O sequestro do padre Christopher ocorreu no mesmo distrito onde, no passado domingo, desmoronou o edifício de uma igreja católica, provocando um morto e vários feridos.

PA | Departamento de Informação da Fundação AIS | info@fundacao-ais

 

OBSERVATÓRIO: Nigéria

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

Lançamento do Relatório Liberdade Religiosa no Mundo 2018


22-11-2018

catalogo