background image

Dê aos cristãos

a oportunidade de voltar para casa

Saiba mais

Detalhe

12-9-2018

PROJECTO FOLHA DE ORAÇÃO MENSAL | SETEMBRO


 
VIETNAME: Construção de um espaço para as actividades pastorais da Paróquia Vinh Hung

O povo Vietnamita ama a oração simples. A devoção nocturna na capela da aldeia é uma rotina diária na vida da população do interior. De acordo com algumas estimativas, pelo menos 90% dos católicos de todo o país praticam activamente a sua fé. No entanto, este nível extremamente elevado de participação poderá cair rapidamente no futuro, dada a migração em busca de trabalho, bem como outras transformações espirituais e sociais em curso. Para o combater, a Igreja está a tentar adaptar a sua abordagem catequética às circunstâncias actuais. O objectivo é encorajar os católicos acima de tudo a aprender a viver a sua fé na vida quotidiana e a manter as suas convicções, mesmo num ambiente estranho sem o apoio social da aldeia ou da comunidade familiar.

A migração, sobretudo dos jovens, para as cidades e até para o estrangeiro representa um dos maiores desafios para a Igreja no Vietname. Nas aldeias, inúmeras crianças são deixadas para trás com os avós ou outros parentes. Nas cidades, os jovens católicos encontram más companhias, gravidez indesejada, aborto, casamentos destruídos e famílias inteiras fragilizadas. As suas dioceses de origem fazem tudo o que podem para manter o contacto com os fiéis à distância, enquanto as dioceses dos jovens lutam com muitos problemas sociais e se esforçam para oferecer aos recém-chegados uma sensação de casa, nas suas paróquias. O campo missionário é vasto e, lenta mas firmemente, a Igreja está a enfrentá-lo. Em 2017, a Conferência Episcopal lançou um programa de três anos para acompanhar e fortalecer as famílias.

Até hoje, a Igreja no Vietname dá um belo testemunho de fidelidade, unidade, força moral e caridade activa. E o bom exemplo dado pelos Católicos está até a conquistar algumas autoridades estatais. Mas, apesar de toda essa mistura de graça e mérito, a Igreja não tem tempo para descansar.

O Pe. Augustine Nguyen CongTru, da Paróquia de Vĩnh Hưng, na Diocese de Phan Thiet, distrito rural da província de Long An, na região do Delta do Mekong, no sul do Vietname, conta-nos que quando chegou à paróquia havia uma Missa por dia, com a participação de 10 a 15 pessoas e que hoje participam cerca de 80 pessoas diariamente na celebração eucarística. Aos domingos a paróquia conta com 300 fiéis em cada celebração, uma de manhã e outra à noite. Ele diz-nos que antes os fiéis tinham medo de ir à igreja e que a partir do seu encorajamento começaram a participar mais e com alegria de todas as actividades propostas. O Pe. Augustine diz-nos com muita alegria que o número dos seus paroquianos tem aumentado e também o empenho de toda a comunidade nas actividades catequéticas. O cuidado para com os mais pobres e necessitados, através de visitas e donativos, também tem sido um ponto importante de crescimento espiritual para os paroquianos de Vinh Hung. Actualmente, as actividades realizam-se na igreja, no pátio da igreja, na casa sacerdotal e no jardim-de-infância das religiosas. Esta situação provoca algumas dificuldades à paróquia.

Mas a paróquia carece de um espaço adequado para as actividades pastorais. O Pe. Augustine diz-nos que os paroquianos estão entusiasmados com a ideia de ter um espaço dedicado exclusivamente às actividades pastorais. Eles desejam participar na construção, ajudando como podem, através de donativos ou de mão de obra.

A Fundação AIS quer ajudar com 18.500 €.



Vamos ajudar os nossos irmãos do Vietname a consolidar cada vez mais a sua pertença à Igreja, através de um lugar adequado onde realizem as actividades necessárias para transmitir e aprofundar a fé?

 

 

Donativo »

 


 

O seu donativo irá financiar este ou outro projecto semelhante.  

 


 

OBSERVATÓRIO: Vietname

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

Faça parte desta corrente de oração: Um milhão de crianças rezam o terço


18-09-2018

catalogo