background image

Síria

Renascer dos escombros...

Saiba mais »

Detalhe

1-11-2018

SÍRIA Renascer dos escombros...


Irmã Annie: A Irmã pronto-Socorro

UM ANJO DA GUARDA

 

Na fotografia em cima, Wartan Kaakaji com a sua família em Alepo. Mariana, a sua única filha, tem 13 anos mas parece uma menina de 5 anos. Tem dificuldades e está atrasada nos estudos. Wartan recolhe todo o tipo de lixo, como plástico, latas, etc. para depois vender… Graças à Irmã Annie, e com a nossa ajuda, tem um gerador de electricidade e recebe mensalmente um cabaz alimentar.

 

Em oito anos de guerra, a Irmã Annie deixou de contar as vezes que ouviu o assobio das bombas a caírem perto de si, em que tratou pessoas ensanguentadas, feridas no corpo ou na alma. Em oito anos, apesar da guerra, a Irmã Annie Demerjian ainda não perdeu o sorriso tímido, o olhar terno, a voz calma e suave. Nestes oito anos em que a Síria não sabe o que é viver em paz, a Irmã Annie já fez centenas de viagens entre Alepo e Damasco. Até parece um pronto-socorro. “Em todas as casas é possível encontrar uma experiência dolorosa. Isso é algo que está no coração e na mente das pessoas, está com elas a toda a hora. Não é fácil, precisam de tempo para se curar. Há feridas abertas, feridas a sangrar.” Milhares de pessoas dependem todos os dias desta corrente de amor.

 

CHORO DE FOME

 

Tanto em Damasco como em Alepo, a Irmã Annie parece uma formiguinha incansável. Ela não descansa até assegurar que a rede de solidariedade que a Igreja montou continua a funcionar. Nestes anos não se perderam apenas vidas humanas num conflit o interminável. Há também pessoas enlutadas que ficaram de mãos vazias. Há pais e mães que não sabem como calar o choro de fome dos seus filhos. Sem trabalho, como sobreviver?

 

Para a Irmã Annie, não há problemas. Apenas soluções. A fé ensina isso. Se alguém está com fome é preciso dar-lhe comida. Se uma família perdeu a casa nos bombardeamentos, tem de se encontrar um novo tecto. Se uma pessoa não tem roupa, é necessário providenciar um casaco, uns sapatos, uma camisola…

 

O apoio dos benfeitores da Fundação AIS faz verdadeiros milagres junto de milhares de pessoas através da Ir. Annie


Apesar de a Síria viver tempos menos conturbados, a guerra ainda não tem um fim à vista e é um fantasma sempre presente no dia-a-dia das populações. Agora começa outra batalha: a batalha contra a pobreza na qual se encontram milhares de famílias cristãs que procuram, tal como nós, uma vida digna e condições necessárias para começar tudo de novo. Com a sua ajuda asseguraremos que estas famílias não deixem o país por causa das condições dramáticas em que vivem. É um desafio enorme que a Fundação AIS está confiante de poder ganhar…

 

 
Só em Alepo, a Fundação AIS socorre todos os meses:

√ 3.850 famílias, com alimentos, remédios, alojamento e roupa.

√ 3.000 crianças, com leite.

 

COM 30€ É POSSÍVEL OFERECER UM CABAZ PARA ALIMENTAR UMA FAMÍLIA REFUGIADA


Donativo »

 

 


 Uma mensagem dos refugiados para si...

“Já estamos no oitavo ano de guerra e as pessoas continuam a enfrentar muitas dificuldades. Mas, graças à vossa ajuda, conseguimos permanecer junto do nosso povo e manter a esperança viva.Ir. Annie Demerjian  

 



VISÃO GERAL DA SITUAÇÃO NA SÍRIA

 

Visão Geral da Situação na Síria

 

A guerra sangrenta na Síria ceifou mais de 400.000 vidas inocentes! Quem podia fugir, fugiu. Mais de metade dos Sírios são refugiados ou deslocados no próprio país. Quem ficou, vive no meio de destroços e passa fome. A presença dos sacerdotes e religiosas que ficaram com o seu povo no meio das ruínas e do sofrimento, anima os Cristãos que ficaram. Mais do que nunca, a Igreja representa a esperança do povo Sírio. 

 

Já no oitavo ano de crise na Síria, o nível de gravidade e a complexidade das necessidades por todo país continuam  a ser esmagadores. Os civis continuam a ter de suportar um conflito marcado pelo sofrimento, destruição e desprezo pela vida humana inigualáveis.

 

É a pensar nestas comunidades cristãs mais afectadas pela guerra, que a Fundação AIS lança esta enorme campanha de solidariedade de 32 novos projectos, no valor de 1,8 milhões de euros. Sobe assim, para 121 projectos que tem como objectivo principal a ajuda de emergência, com uma atenção muito focada nas crianças e jovens, assim como em projectos de construção e reconstrução de igrejas, casas e estruturas que possibilitem a normalização da vida comunitária.

 

 


 
HISTÓRIAS RELACIONADAS:
 
SÍRIA: Um futuro melhor para as crianças » SÍRIA: De Mãos Vazias SÍRIA: Jesus é a Minha Rocha »
 
   

 


> Descarregue o Relatório Especial Síria e saiba mais

 

Veja aqui o Relatório Especial Síria »

 

 


 

OBSERVATÓRIO: Síria

 






comentarios
 
Nome:
maria celeste lopes
Comentário:
Eu dou a certeza da minha oração por este povo tão materializado. Deus conforte tanto quem tenta ajudar como quem ajuda em situações tao difíceis muita força
 
deixar comentario
Mês:
 

Concerto de Reis LISBOA


05-01-2019

catalogo