background image

Detalhe

28-2-2019

PROJECTO FOLHA DE ORAÇÃO MENSAL | MARÇO


 

ROMÉNIA: Formação de 54 seminaristas greco-católicos da Diocese de Oradea-Biz, em Oradea

Quando os comunistas tomaram o poder, a Igreja Greco-Católica desapareceu na Roménia. Em 1948, os fiéis tiveram de se converter à Igreja Ortodoxa ou manter a sua fé clandestinamente. O seminário greco-católico, na fronteira com a Transilvânia, teve de fechar as portas. Construído em 1792, o edifício foi expropriado pelo Estado e utilizado como escola.

Somente em 1990, após a mudança política, a Igreja conseguiu sair do esconderijo novamente. D. Vassile Hossu, Bispo da diocese na época, garantiu rapidamente que o seminário fosse revitalizado. A formação dos sacerdotes foi uma prioridade, porque a Igreja Greco-Católica teve de restaurar todas as suas estruturas.

No início, apenas uma parte do antigo edifício estava disponível e os seminaristas viviam em circunstâncias precárias. Muitos estudantes tiveram de dividir quartos e os armários já não estavam nos dormitórios mas nos corredores. Como não havia salas, os alunos tinham de estudar nas salas de aula. Sob a liderança de D. Virgílio Bercea, o seminário foi lentamente consolidado e, graças à ajuda da AIS, foi ampliado.

Hoje, 54 seminaristas estudam filosofia e teologia em seis anos. Para o reitor do seminário, Pe. Anton Cioba, todos os anos existe o desafio de arranjar os fundos necessários para cobrir os custos dos salários, aquecimento, alimentação e assim por diante. O Estado ainda não apoia a educação dos seminaristas e a diocese é pobre.

O reitor diz-nos que o ano passado foi um ano difícil para a diocese. O bispo estava doente e teve de ficar 2 meses no hospital, e a 25 de Agosto de 2018, um grande incêndio destruiu o Paço Episcopal da Igreja Greco-Católica. Mas, o Pe. Anton Cioba conta-nos, com o coração cheio de esperança: “Enquanto olhava para as chamas, eu pensava nas escrituras, o fogo elevava os sacrifícios do homem a Deus. É também uma imagem da renovação humana! Chama a Igreja e todos os seus membros para um renascer e um regresso às origens.”

Mesmo que haja dificuldades, a Igreja está a testemunhar a força da fé e da esperança.

“Pedimos-lhe que nos ajude a apoiar os jovens seminaristas na sua vocação sacerdotal para que possam ser activos na ‘vinha do Senhor’ ”, escreve D. Bercea ao responsável pelo departamento de projectos na Europa de Leste da Fundação AIS, e “Que Deus o abençoe, aos seus funcionários e benfeitores. Que a Virgem Maria o mantenha sob o seu manto e protecção.”

Sem a ajuda de benfeitores estrangeiros, o seminário dificilmente se desenvolveria. A AIS tem ajudado desde a reabertura do seminário. Prometemos mais 32.400 €.


 

Vamos ajudar estes seminaristas a chegar ao sacerdócio, para poderem trabalhar em prol do ecumenismo e da unidade no país?

 

 

Donativo »

 


 

O seu donativo irá financiar este ou outro projecto semelhante.  

 

 

 


 

OBSERVATÓRIO: Roménia

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

Peregrinação Nacional a Fátima


15-09-2019

catalogo