background image

Detalhe

20-3-2019

SOS MOÇAMBIQUE


Moçambique conta com a sua ajuda »
 
 
Pelo menos 38 mortos e 35 mil casas parcial ou totalmente destruídas é o balanço provisório da passagem do novo Ciclone Kenneth pelo norte de Moçambique. Como consequência imediata do mau tempo, cerca de 18 mil pessoas estão neste momento alojadas em centros de apoio. A força do vento e das chuvas deixou vastas regiões inundadas, havendo ainda estradas bloqueadas, escolas e hospitais danificados, e falhas generalizadas nas redes de electricidade e de comunicações.

D. Fernando Luiz Lisboa, Bispo de Pemba, esteve este fim-de-semana em Macomia – um dos distritos mais atingidos pelo ciclone Kenneth, a par de Mueda, Mocímboa da Praia e, Palma, por exemplo – e enviou uma mensagem para a Fundação AIS a dar conta do cenário de devastação que encontrou e do esforço das equipas da Igreja no apoio às populações mais atingidas.
 
 
 
Já no passado dia 19 de Março Moçambique foi assolado pela tempestade IDAI que vitimou mais de 700 pessoas e deixou desalojadas milhares.
 
“Nestes dias, grandes inundações semearam o luto e devastação em diversas regiões de Moçambique, Zimbabué e Malawi. Manifesto a estas populações a minha dor e a minha proximidade. A estas populações que me são queridas exprimo o meu pesar e a minha solidariedade. Confio as numerosas vítimas e as suas famílias à misericórdia de Deus e imploro o reconforto e o apoio para todos os que foram afetados por esta calamidade.”
Papa Francisco
 
 
É com profunda preocupação e tristeza que assistimos a esta catástrofe que se abateu junto dos nossos irmãos em Moçambique, Zimbabué e Malawi e que já provocou até ao momento mais de 700 mortos e centenas de milhares de desalojados, nestes três países.
 
A Fundação AIS está em estreito contacto com a Igreja de Moçambique para fazer um levantamento das primeiras necessidades e já enviou uma primeira ajuda de emergência no valor de 30 mil euros. D. Cláudio Zuanna, Arcebispo da Beira, enviou-nos esta mensagem:
 
 
Beira, 20 de Março de 2019

 
“Vimos por este meio manifestar o nosso agradecimento pela prontidão da Fundação AIS para minimizar o drama vivido pela população de Sofala, centro de Moçambique, após a passagem do ciclone IDAI, que para além de ceifar dezenas de vidas humanas, fazer muitos feridos, desalojou muitas famílias e provocou muitos danos nas estruturas paroquiais, casas religiosas e casas de formação.

Julgamos que os 30.000€ que a Fundação AIS deseja disponibilizar para o efeito serão muito úteis, pois o mesmo servirá para reactivar a presença eclesial junto das comunidades fazendo face a despesas imediatas como é o caso da aquisição e distribuição de lonas plásticas,
alimentos, material básico de uma habitação (baldes, copos, pratos, etc.) e a logística para a deslocação.

Mais uma vez agradecemos a vossa generosidade e procuraremos manter-vos informados sobre o desenrolar da situação.

Ao serviço do mesmo Senhor pedimos sobre vós todas as bênçãos.”

Dom Cláudio Dalla Zuanna

 

 

 

 
 
A nossa ajuda continuará a ser fundamental para a sobrevivência do povo de Moçambique e para a reconstrução das infra-estruturas da Igreja e das comunidades, nos próximos tempos. Esperamos poder contar com a vossa generosidade. Obrigado!
 

(vídeo) D. Cláudio Dalla Zuanna agradece a ajuda dos benfeitores da Fundação AIS »

Donativo »

 

 
 
Moçambique precisa da nossa ajuda! »
 
 
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
  SOS Venezuela
 
 
 

 

OBSERVATÓRIO:

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

Festa da Família - Ovar


16-06-2019

catalogo