background image

Detalhe

8-4-2019

TOGO: Apoio para a Federação Católica para a Vida da Família




A Federação Africana de Acção Familiar (FAAF ou Fédération Africaine d’Action Familiale) é uma iniciativa para apoiar famílias saudáveis e a protecção da vida que envolve médicos de várias especialidades, teólogos, sacerdotes, religiosos e leigos. A sua meta é apoiar famílias e ajudá-las a lidar com os seus problemas, oferecendo soluções favoráveis para África, para as famílias e que sejam pró-vida, em oposição a soluções à moda ocidental, diferentes, que muitos africanos já relacionaram com uma “cultura da morte”. Ao contrário, eles pretendem promover uma “cultura da vida” do tipo tão frequentemente referido pelo falecido Papa S. João Paulo II.

No Togo, na África Ocidental, os programas da FAAF estão estabelecidos desde 2005. Na Diocese de Aneho, no sudeste do país, há, até ao momento, cinco pessoas que estão envolvidas, por exemplo fazendo palestras introdutórias e sessões nas paróquias para encorajar mais pessoas a tomar conhecimento das questões em torno do casamento e da família, formando-as para poderem acompanhar famílias e casais. Os encontros tratam questões como “Qual é o plano de Deus para o casamento” e “O que significa ser mãe ou pai?”. Os casais são encorajados a conversar e a crescer no amor e no respeito mútuo. Outro aspecto importante é o planeamento familiar natural, que observa e respeita o ciclo natural da fertilidade na mulher, criado por Deus. Desta maneira os maridos também aprendem a respeitar as suas mulheres e o seu corpo. A meta é uma educação no amor que dá enfase à beleza e ao valor da sexualidade humana e do corpo humano, e à importância da fidelidade, da responsabilidade e da abertura à vida. É a melhor maneira de enfrentar males como o aborto e a disseminação da SIDA. Ao mesmo tempo, o programa visa ajudar e acompanhar as famílias e os casais em conflito ou em situação de crise.
 
Há uma grande procura destas palestras e de aconselhamento pessoal, e eles esperam poder formar mais 10 conselheiras. Também são necessários materiais de informação impressos.

 

 

A AIS prometeu 11.700 € para apoiar esta iniciativa louvável.


 

Apoie este projecto

 

  

O seu donativo irá financiar este ou outro projecto semelhante.  

 

 

 



 

OBSERVATÓRIO: Togo

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

Festa da Família - Ovar


16-06-2019

catalogo