background image

Detalhe

28-3-2019

FRANÇA: Uma dúzia de igrejas profanadas e saqueadas no espaço de apenas sete dias


Doze igrejas francesas foram saqueadas, profanadas e alvo de actos de vandalismo no espaço de apenas sete dias, durante a segunda semana de Março.

Segundo o jornal espanhol ‘ABC’, uma das igrejas, a de Saint-Sulpice, foi mesmo incendiada no passado domingo, dia 17 de Março, logo após a celebração eucarística do meio-dia.

O fogo ateado criminosamente espalhou-se para os vitrais e uma escada. Os prejuízos são muito elevados. Outro ataque ocorreu na igreja de Notre-Dame des Enfants (Nossa Senhora das Crianças), na cidade de Nimes, onde foi pintada uma cruz com excrementos. O altar principal foi saqueado assim como o sacrário, tendo sido roubadas as hóstias consagradas que, mais tarde, foram encontradas num caixote do lixo.

Incidentes semelhantes aconteceram em Dijon, na igreja de Notre-Dame, em Lavaur, onde uma igreja foi assaltada por jovens “aparentemente embriagados”. Na periferia de Paris também ocorreram actos de vandalismo a diversas igrejas.

Estes incidentes ocorrem numa altura em que se multiplicam actos de profanação de cemitérios judaicos, nomeadamente através da pintura de suásticas. Até ao momento as autoridades não detiveram nenhum responsável pelos incidentes ocorridos nas igrejas francesas.

PA | Departamento de Informação da Fundação AIS | info@fundacao-ais.pt   


 

OBSERVATÓRIO: França

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

TANZÂNIA | Documentário AIS na RTP


21-08-2019

catalogo