background image

Detalhe

17-5-2019

SRI LANKA: Igrejas reabrem, com fortes medidas de segurança, três semanas após os ataques terroristas de domingo de Páscoa


Os templos católicos voltaram a abrir as suas portas aos fiéis, três semanas após os sangrentos atentados terroristas do Domingo de Páscoa em que mais de 250 pessoas perderam a vida.

Milhares de cristãos, segundo a imprensa local, acorreram às várias igrejas na capital do país, Colombo, no domingo passado, onde eram visíveis fortes medidas de segurança.

Polícias fortemente armados junto aos templos e a revista obrigatória de todos os fiéis foram as tónicas principais das medidas de segurança que implicaram também a identificação de todas as pessoas que entraram nas igrejas para as celebrações litúrgicas.

Como consequência dos atentados terroristas no Domingo de Páscoa, contra três igrejas cristãs e alguns hotéis, as autoridades decidiram em conjunto com a hierarquia católica a suspensão de todas as actividades litúrgicas. Também as escolas estiveram encerradas, tendo a sua reabertura sido decidida apenas na semana passada e também com visíveis medidas de segurança.

No domingo anterior, dia 5 de Maio, e como a Fundação AIS então noticiou, e porque os templos estavam ainda encerrados, foi decidida a transmissão da missa para todo o país através da televisão desde a residência do arcebispo de Colombo, D. Malcolm Ranjith.

Nessa celebração, o prelado fez questão de lembrar os cristãos assassinados que “tinham um amor imenso a Deus”, e leu também uma carta do Papa Francisco a pedir o fim do ódio e a “reconciliação entre todos os seus filhos”.

PA| Departamento de Informação da Fundação AIS | info@fundacao-ais.pt

 

OBSERVATÓRIO: Sri Lanka

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

RedWednesday


27-11-2019

catalogo