background image

Detalhe

22-5-2019

IRAQUE: União Europeia “deve fazer pressão” para que os direitos humanos sejam respeitados no Médio Oriente, defende D. Louis Sako


É fundamental “fazer pressão sobre os governos do Médio Oriente a fim de que os direitos do homem sejam respeitados”, disse D. Louis Sako aos jornalistas no rescaldo da recente reunião em Bruxelas da Comissão das Conferências Episcopais Europeias.

Com os países da União Europeia mergulhados em campanha eleitoral, as palavras do patriarca caldeu e principal responsável da Igreja católica no Iraque ganham um relevo especial e voltam a sublinhar a situação incerta e frágil em que se encontra a comunidade cristã nesta região do globo.

Em declarações ao Vatican News, o Cardeal Sako afirmou que os governos da União Europeia não podem ignorar a sua responsabilidade perante o destino de milhares e pessoas que pertencem a uma das mais significativas minorias religiosas no Médio Oriente e muito especialmente no Iraque e na Síria.

“Lá os muçulmanos têm todos os direitos; no Iraque, na Síria, os cristãos são submetidos a discriminação, por vezes há também perseguição em nome da religião”, disse D. Louis Sako, acrescentando que essa situação “não é aceitável”.

O cardeal aproveitou a reunião em Bruxelas para trazer a situação dos cristãos para o centro da atenção política recordando que se trata de uma comunidade fortemente discriminada e alvo de perseguição. Como consequência desta situação, há uma erosão permanente da presença cristã nesta região do mundo. D. Louis Sako afirma que é necessário “resolver o problema do fundamentalismo muçulmano” e que “cabe às autoridades muçulmanas fazer as reformas face à modernidade e ao pluralismo em que vivemos, à diversidade das religiões e às diversidades étnicas...” O cardeal Louis Sako sublinha que “é horrível hoje matar alguém” só porque não pertence à mesma religião, apontando o dedo ao fundamentalismo muçulmano. “É como uma bomba, semeia o pânico em todos os lugares. Todos devem colaborar para derrotar essa ideologia”, afirmou ainda.

PA| Departamento de Informação da Fundação AIS | info@fundacao-ais.pt  
 

 

OBSERVATÓRIO: Iraque

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

RETIRO ESPIRITUAL | JULHO


12-07-2019

catalogo