background image

Detalhe

1-5-2019

Boletim 4


 

Parece uma “Missão Impossível”, quando Jesus, depois da Sua Ressurreição, envia os apóstolos pelo mundo para anunciar o Evangelho a todos os homens. Pois aquilo que era impossível, face aos meios de comunicação, de transporte e técnicos da época, o Espírito Santo conseguiu com o Seu poder. Hoje dispomos de inúmeras possibilidades para a missão. Com os nossos recursos, meios de comunicação e aviões a jacto, podemos levar a Boa Nova de Cristo em poucos segundos aos recantos mais distantes do mundo. Mas tudo isto fica sem efeito se nos faltar a força impulsionadora do Espírito Santo. Por isso, a ”primeira missão” é invisível e puramente espiritual. Quer dizer: Permanecei em Mim. Então dareis muito fruto (cf. Jo 15,5).

Esta primeira missão só é realizável por nós no silêncio, no encontro pessoal com Deus. Madre Teresa escreve no seu testamento espiritual: “Estou preocupada porque alguns de vós ainda não encontraram realmente Jesus, a quatro olhos, apenas vós e Jesus. Será que vos apercebestes realmente com os olhos da alma com que amor Ele vos olha? Enquanto não ouvirdes como Jesus fala no silêncio do vosso coração, não podeis escutar como Ele diz nos corações dos pobres: ‘Tenho sede’.”

Também a “segunda missão” tem um carácter bastante íntimo, pois dá-se nas nossas famílias e comunidades, no círculo dos nossos amigos, conhecidos, colegas, onde vivemos e trabalhamos. Ela consiste no esforço pelo amor recíproco, pela reconciliação e pela unidade. Jesus reza ao Pai também por isso: “para que todos sejam um só, como Tu, Pai, estás em mim e Eu em ti; para que assim eles estejam em Nós e o mundo creia que Tu me enviaste”(cf. Jo 17, 21). Esta unidade é a que nos dá força e a necessária credibilidade para a “terceira missão”: a de  nunciar o Evangelho a todos os homens.

Queridos amigos, nem todos têm a vocação abertamente o Evangelho. No entanto, a missão mundial é impossível sem a missão da oração e da unidade a que todos somos chamados. Assim, o missionário não está só, pois a sua missão é sustentada pela força do Espírito Santo. Para isso vale a pena também recorrer a meios modernos de comunicação e de transporte.

Não há objectivo mais elevado do que levar a Salvação a todos os homens. Por isso, o vosso donativo não serve apenas um bom propósito, mas traz consigo frutos de eternidade. Traz em si a força da vossa oração e do vosso amor. Devemos isso uns aos outros (cf. Rm 13,8). O que há de mais elevado do que poder dar a vida eterna? Essa é a quintessência do amor, a força impulsionadora do Espírito Santo, o objectivo da missão: Quero que não morras nunca. Quero que vivas.

Abençoa-vos, grato, o vosso de partir para terras distantes e anunciar

 

 

 

 

 

Visualize aqui PDF
Peça um exemplar gratuito

 

 

Pe. Martin M. Barta

Assistente Espiritual da AIS Internacional

 

Veja aqui o video »

 

 

 

 

 

 

 


 

OBSERVATÓRIO:

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

TANZÂNIA | Documentário AIS na RTP


21-08-2019

catalogo