background image

Presentes de Fé

Bow

Este natal, dê um presente que permaneça!

Bow

Saiba mais »

Detalhe

13-12-2019

ÍNDIA: Tribunal ordena libertação de cristãos presos em Orissa desde há 11 anos


O Supremo Tribunal da Índia ordenou a libertação, sob fiança dos cinco cristãos presos há 11 anos em Kandhamal, no estado de Orissa. Os cinco homens foram condenados a prisão perpétua pelo assassinato do líder hindu Swami Laxmanananda, em Agosto de 2008.

Esse crime foi então usado como pretexto por grupos extremistas para actos de violência contra a comunidade cristã, que acabaram por degenerar no massacre de Kandhamal nesse ano.

Estes cinco cristãos, que sempre reclamaram a sua inocência, juntam-se agora a outros dois que já anteriormente beneficiaram de uma medida idêntica pelo Supremo Tribunal indiano. Todos os sete cristãos foram condenados a prisão perpétua e todos reclamaram sempre a sua inocência.

A libertação sob fiança destes cristãos abre um capítulo novo neste caso que tem mobilizado grupos de defesa dos direitos humanos e a própria Igreja Católica.

Ao fim de uma década, o balanço destes ataques ainda está inacabado. Calcula-se que mais de uma centena de pessoas tenham sido assassinadas pelos extremistas hindus e mais de 64 mil foram forçadas a fugir para salvar as próprias vidas. A magnitude da destruição ficou também visível nas habitações dos cristãos. Cerca de 6500 casas e 395 igrejas ou capelas foram destruídas.

Ainda hoje, 11 anos depois destes acontecimentos, cerca de 10 mil pessoas não terão regressado a suas casas por medo de represálias.

PA | Departamento de Informação da Fundação AIS | info@fundacao-ais.pt


 

OBSERVATÓRIO: India

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

Programação da Fundação AIS na televisão e rádio


01-01-2020

catalogo