background image

Presentes de Fé

Bow

Este natal, dê um presente que permaneça!

Bow

Saiba mais »

Detalhe

26-12-2019

SÍRIA: Irmã agradece solidariedade dos benfeitores da AIS para com as crianças, idosos e famílias vítimas da guerra


Numa mensagem áudio gravada em Alepo, na Síria, a Irmã Annie Demerjian agradece toda a ajuda que a Fundação AIS tem disponibilizado para as crianças, os idosos e as famílias, “especialmente os que estão a sofrer em consequência da guerra”.

A Irmã Annie, que pertence à congregação das irmãs de Jesus e Maria, é responsável pelos projectos da AIS neste país do Médio Oriente e já esteve em Portugal por várias ocasiões, nomeadamente em Outubro do ano passado, em Fátima, onde participou na campanha ‘1 milhão de crianças rezam o Terço pela paz’.

Nesta curta mensagem áudio, a religiosa assegura que o apoio que tem sido prestado ao seu país tem feito a diferença. E isso nota-se, afirma, nas lágrimas de felicidade dos idosos e no sorriso das crianças. “Não podem imaginar como os idosos choram de felicidade, abrindo as mãos, e vos agradecem quando recebem a vossa ajuda”, diz a Irmã Annie.

Uma ajuda que é o resultado da generosidade ímpar dos benfeitores da Fundação AIS em todo o mundo e que se tem traduzido na distribuição, por exemplo, de alimentos, medicamentos, roupa, sapatos e artigos de higiene…  “Acreditem que estão diariamente nas suas orações e estão muito gratos por tudo o que lhes dão”, afirma ainda a irmã Annie na mensagem gravada em Alepo, acrescentando: “não sei como agradecer por ajudarem a aquecer as casas de tantas famílias”.

Um dos projectos em que a Fundação AIS está envolvida nesta cidade síria resultou de um pedido do bispo latino George Abou Khazen para o fornecimento de cabazes alimentares para as famílias cristãs mais pobres, ajuda que inclui também apoio financeiro para combustível e óleo para aquecimento das casas.

Além dos idosos e das famílias em maiores privações, a irmã fez questão de destacar a importância dos gestos de solidariedade para com as crianças sírias. Segundo ela, milhares de crianças vão sorrir neste Natal graças à AIS. “Também quero agradecer por fazerem sorrir mais de 19 mil crianças em toda a Síria, graças aos vossos presentes de Natal.”

Em Alepo – uma das cidades mais martirizadas pela guerra que dura há nove anos na Síria –, são profundas as marcas deste conflito na vida dos cristãos, a começar na constatação de que a comunidade está a diminuir dramaticamente. Desde 2010, o número de cristãos em Alepo passou de cerca de 180 mil para menos de 30 mil. Uma redução de quase 80 por cento.

Face a esta situação, a Fundação AIS tem promovido diversas campanhas de emergência para os cristãos através da distribuição de medicamentos, aluguer e reparação de habitações, reconstrução de igrejas, atribuição de bolsas de estudo e ainda apoio aos sacerdotes e às religiosas. “Uma gota de leite”, uma das campanhas que mais impacto tem recebido por parte dos benfeitores portugueses da AIS, destina-se, por exemplo, às crianças e aos bebés de Alepo. No ano passado, a Fundação AIS apoiou 185 projectos de solidariedade neste país.

PA | Departamento de Informação da Fundação AIS | info@fundacao-ais.pt  
 

 

OBSERVATÓRIO: Síria

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

Programação da Fundação AIS na televisão e rádio


01-01-2020

catalogo