background image

Presentes de Fé

Bow

Este natal, dê um presente que permaneça!

Bow

Saiba mais »

Detalhe

6-1-2020

SÍRIA: Arcebispo de Alepo agradece ajuda da Fundação AIS e lança apelo: “não nos deixem sozinhos!”


A situação de crise humanitária na Síria parece não ter fim à vista. Os combates que prosseguem na província de Idleb, por exemplo, já levaram à fuga de mais de 235 mil pessoas nas últimas semanas, em resultado da ofensiva militar desencadeada pelas forças de Damasco.

O recrudescimento dos combates, com as forças do regime de Bashar al-Assad a intensificaram a ofensiva com vista à eliminação das bolsas de resistência de grupos jihadistas, pode vir a revelar-se dramático pois a região abriga cerca de 3 milhões de pessoas.

É neste contexto de crise humanitária que o arcebispo de Alepo dos maronitas, D. Joseph Tobji, agradeceu a ajuda da Fundação AIS e, em declarações ao L’Osservatore Romano, lançou um apelo à comunidade internacional para não abandonar a Síria.

“Peço somente uma coisa: rezem por nós, não nos deixem sozinhos.” Explicando que o país vive numa situação de sufoco económico, em resultado não só dos anos de guerra mas também do embargo internacional, D. Joseph Tobji afirma que, “neste momento”, a “Síria sofre”, está a “apagar-se pouco a pouco” e “ninguém tem mais vontade de permanecer nem tem forças para continuar”.

Falando ao jornal oficial do Vaticano, o Arcebispo de Alepo diz ainda que os “jogos de poder estão a levar o país para o abismo”. “Precisamos de ajuda. Mas façam isso antes que seja tarde demais.”

O prelado recordou as recentes celebrações de Natal, marcadas ainda pela guerra, e explicou que, apesar das inúmeras dificuldades, a comunidade cristã procurou viver esta quadra com esperança e fé. “Foi um Natal marcado pela precariedade e pelo medo. Embora os tiros e bombardeamentos nos arredores de Alepo não deem trégua, os cristãos continuam a ter fé. Peço somente uma coisa: rezem por nós, não nos deixem sozinhos.”

Sobre a ajuda que a comunidade cristã tem recebido através da generosidade dos benfeitores da Fundação AIS em todo o mundo, D. Joseph Tobji enumerou alguns dos projectos que têm sido promovidos nos últimos anos.

A Fundação AIS tem ajudado, disse o Arcebispo, “em vários campos de acção: desde a construção de igrejas e de casas destruídas ou danificadas até à implementação de projectos pastorais, do envio de pacotes de alimentos à educação de jovens e à formação de médicos”.

Uma ajuda preciosa que mereceu um enorme elogio: “Não temos palavras para agradecer o empenho da AIS”, disse ainda o Arcebispo de Alepo dos maronitas ao jornal L’Osservatore Romano.

PA | Departamento de Informação da Fundação AIS | info@fundacao-ais.pt   


 

OBSERVATÓRIO: Síria

 






*Sem Comentários
deixar comentario
Mês:
 

Programação da Fundação AIS na televisão e rádio


01-01-2020

catalogo