Fundação de Ajuda à Igreja que Sofre - Fundação AIS
Rua Professor Orlando Ribeiro, 5D 1600-076 Lisboa, Portugal
(+351) 217544000 apoio@fundacao-ais.pt Fundação AIS 1995
Lisboa
https://www.fundacao-ais.pt/uploads/seo/big_1585926010_1526_logo-jpg
15 10
505152304

Folha de Oração Mensal

A oração é um dos pilares fundamentais da nossa missão. Sem a força que nos vem de Deus, não seríamos capazes de ajudar os Cristãos perseguidos e que sofrem por causa da sua fé. Para os ajudar, criámos uma grande corrente de oração e distribuímos gratuitamente a Folha de Oração Sementes de Esperança, precisamente porque queremos que este movimento de oração seja cada vez maior. Por favor, ajude-nos a divulgá-la na sua paróquia, grupo de oração, família, amigos e vizinhos.

Papa Francisco
MAIO
Intenção de Evangelização do Santo Padre

Pelos diáconos
Rezemos para que os diáconos, fiéis ao serviço da Palavra e dos pobres, sejam um sinal vivificante para toda a Igreja.


Pe. Werenfried van Straaten, fundador da AIS

Quanto mais escura a noite desce sobre o mundo, mais clara brilha a luz de Maria, que indica o caminho aos perdidos e aos que o procuram.

Uma Senhora mais brilhante que o Sol

Foi assim, com esta expressão, que a Irmã Lúcia narrou a história do que aconteceu naquele 13 de Maio de 1917:

“Andando a brincar com a Jacinta e o Francisco, no cimo da encosta da Cova da Iria, a fazer uma paredita em volta duma moita, vimos, de repente, como que um relâmpago. ‘É melhor irmos embora para casa’ disse a meus primos ‘que estão a fazer relâmpagos; pode vir trovoada.’ ‘Pois sim.’ E começámos a descer a encosta, tocando as ovelhas em direcção à estrada. Ao chegar, mais ou menos a meio da encosta, quase junto da azinheira grande que aí havia, vimos outro relâmpago e, dados alguns passos mais adiante, vimos, sobre uma carrasqueira, uma Senhora, vestida toda de branco, mais brilhante que o Sol, espargindo luz, mais clara e intensa que um copo de cristal, cheio de água cristalina, atravessado pelos raios do sol mais ardente. Paramos surpreendidos pela aparição. Estávamos tão perto, que ficávamos dentro da luz que A cercava ou que Ela espargia, talvez a metro e meio de distância, mais ou menos. Então Nossa Senhora disse-nos: ‘Não tenhais medo. Eu não vos faço mal.’”

À pergunta de Lúcia: “E que é que Vossemecê me quer?”, responde:

“Vim para vos pedir que venhais aqui seis meses seguidos, no dia 13 a esta mesma hora. Depois vos direi quem sou e o que quero. Depois voltarei ainda aqui uma sétima vez.”

Depois de algumas perguntas que Lúcia faz, sobre duas amigas que tinham falecido, a respeito da Amélia, ouve esta resposta: “Estará no purgatório até ao fim do mundo.”

A Irmã Lúcia conta a seguir o pedido de Nossa Senhora e o que os Pastorinhos viveram de seguida:

“ ‘Quereis oferecer-vos a Deus para suportar todos os sofrimentos que Ele quiser enviar-vos, em acto de reparação pelos pecados com que Ele é ofendido e de súplica pela conversão dos pecadores?’ ‘Sim, queremos.’ ‘Ides, pois, ter muito que sofrer, mas a graça de Deus será o vosso conforto.’ Foi ao pronunciar estas palavras (a graça de Deus, etc.)”, continua a Irmã Lúcia, “que abriu pela primeira vez as mãos, comunicando-nos uma luz tão intensa, como que reflexo que delas expedia, que penetrando-nos no peito e no mais íntimo da alma, fazendo-nos ver a nós mesmos em Deus, que era essa luz, mais claramente que nos vemos no melhor dos espelhos. Então, por um impulso íntimo também comunicado, caímos de joelhos e repetíamos intimamente: Ó Santíssima Trindade, eu Vos adoro. Meu Deus, meu Deus, eu Vos amo no Santíssimo Sacramento. Passados os primeiros momentos, Nossa Senhora acrescentou: ‘Rezem o terço todos os dias, para alcançarem a paz para o mundo e o fim da guerra.’ Em seguida, começou-se a elevar serenamente, subindo em direcção ao nascente, até desaparecer na imensidade da distância. A luz que A circundava ia como que abrindo um caminho no cerrado dos astros, motivo porque alguma vez dissemos que vimos abrir-se o céu.”

Neste mês de Maio, meditemos nesta narrativa da primeira aparição, naquele lugar abençoado que Nossa Senhora visitou para nos dizer: que não tenhamos medo, que Ela não nos faz mal; que respondamos como os Pastorinhos ao convite que hoje ela nos faz: “quereis oferecer-vos a Deus…” e rezemos o terço, todos os dias, sozinhos, em comunidade, em família, pela paz e pelo fim da guerra, esta em que nos encontramos envolvidos, contra inimigos ocultos que nos querem encher de angústia e de pavor. Mas a Senhora mais brilhante que o Sol diz para nós hoje as mesmas palavras que então disse aos Pastorinhos, na primeira aparição: Não tenhais medo! Oferecei-vos a Deus e rezai, e o resto virá por acréscimo!

Pe. José Jacinto Ferreira de Farias, scj
Assistente Espiritual da Fundação AIS


ACN Portugal · Folha de Oração | Maio de 2020

RELACIONADO

Vela Mártires


Produto em destaque
Vela Mártires






Caso pretenda receber gratuitamente a Folha de Oração "Sementes de Esperança" em sua casa, preencha o formulário:

Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

2020-05-01

Maio de 2020

SRI LANKA Um atentado jihadista atingiu o Sri Lanka no Domingo de Páscoa de 2019. Um país maioritariamente budista onde os Cristãos fazem a ponte entre as...

2020-03-31

Abril de 2020

Ver Folha de Oração no Issuu

2020-03-01

Março 2020

Ver Folha de Oração no Issuu

2020-02-01

Fevereiro 2020

UNIVERSALFevereiro: Escutar os gritos dos migrantes Rezemos para que o clamor dos irmãos migrantes vítimas do tráfico criminoso seja escutado e...

2020-01-01

Janeiro 2020

EVANGELIZAÇÃOJaneiro: Promoção da paz no mundo Rezemos para que os Cristãos, os que seguem outras religiões e as pessoas de boa vontade...

2019-12-01

Dezembro 2019

Sementes de Esperança - Dezembro 2019Ver Folha de Oração no Issuu

2019-11-01

Novembro 2019

Sementes de Esperança - Novembro 2019Ver Folha de Oração no Issuu

2019-10-01

Outubro 2019

Sementes de Esperança - Outubro 2019Ver Folha de Oração no Issuu

2019-09-01

Setembro 2019

Sementes de Esperança - Setembro 2019Ver Folha de Oração no Issuu

2019-07-01

Julho/Agosto 2019

Sementes de Esperança - Julho 2019Ver Folha de Oração no Issuu

2019-06-01

Junho 2019

Sementes de Esperança - Junho 2019Ver Folha de Oração no Issuu

2019-05-01

Maio 2019

Sementes de Esperança - Maio 2019Ver Folha de Oração no Issuu

1 2

Arquivo

Procure Sementes de Esperança no nosso arquivo

Proposta de Oração

Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies.
Saiba Mais