Fundação de Ajuda à Igreja que Sofre - Fundação AIS
Rua Professor Orlando Ribeiro, 5D 1600-076 Lisboa, Portugal
(+351) 217544000 apoio@fundacao-ais.pt Fundação AIS 1995
Lisboa
https://www.fundacao-ais.pt/uploads/seo/big_1585926010_1526_logo-jpg
15 10
505152304

A vossa ajuda/Quem ajudamos

A Fundação AIS está presente onde quer que a Igreja necessite de ajuda. A ajuda destina-se a projectos e necessidades apresentados por milhares de religiosos e missionários da Igreja Católica que estão presentes nos países mais necessitados, cuja actividade caritativa e pastoral chega, inclusivamente, onde o Estado e as ONG não chegam.

A nossa ajuda em 2018

Dou graças a todos quantos depositam a vossa confiança na Fundação AIS e a todos os que respondem com tanta generosidade, que em 2018 se traduziu em 2.982.614€! Ou seja, num aumento de 5% face a 2017. A nível internacional, através dos 23 secretariados, recolhemos um total de 110.327.918€ em donativos. Muito, muito obrigada!

Em 2018, apoiámos 5.019 projectos em 139 países e 1.160 dioceses, num esforço solidário só possível graças à generosidade dos mais de 300 mil benfeitores e amigos da instituição em todo o mundo.

O número de pedidos de ajuda subiu para 7.607, mas infelizmente tivemos de recusar ainda muitos por falta de meios.

É principalmente para África e para o Médio Oriente que flui grande parte da nossa ajuda, mais de metade. São as regiões onde as necessidades dos Cristãos aumentam e onde podemos ajudar directamente e de forma sustentada.

Só na Síria e no Iraque, a Fundação AIS apoiou, no ano passado, pequenos e grandes projectos num valor total de 15,1 milhões de euros. A maioria dos projectos destinou-se ao restauro de habitações e casas no Iraque (assim, o número dos projectos de construção duplicou) e à ajuda de emergência para a sobrevivência dos Cristãos na Síria. Ambos os países estão no topo do ranking dos países beneficiários, seguidos da Índia.


Também no ano corrente e no ano que vem, será absolutamente necessária a ajuda aos Cristãos no Médio Oriente, sobretudo na Síria. Nunca a situação foi tão grave como hoje. É certo que os combates diminuíram e assim também os relatos gerais sobre a situação; mas as estruturas estão destruídas, e nos hospitais faltam os equipamentos e medicamentos mais básicos. As grandes organizações humanitárias retiraram-se parcialmente. Graças a todos vós, continuamos a cumprir com a nossa missão solidária onde a comunidade cristã vive tempos mais conturbados.

Mais uma vez agradeço a enorme generosidade dos benfeitores da Fundação AIS em Portugal, que mostraram uma vez mais, um carinho excepcional por este trabalho ímpar junto da Igreja que mais sofre. Muito obrigada!

Aproveito para partilhar que o valor recebido este ano, relativo aos 0,5% da consignação do IRS (125.703€), reverteu para a reconstrução de um centro multiusos no Iraque e para um projecto da Bíblia para Crianças na Zâmbia. Muito obrigada a todos os que fizeram esta contribuição.










Junte-se a esta causa




Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies.
Saiba Mais