Fundação de Ajuda à Igreja que Sofre - Fundação AIS
Rua Professor Orlando Ribeiro, 5D 1600-076 Lisboa, Portugal
(+351) 217544000 apoio@fundacao-ais.pt Fundação AIS 1995
Lisboa
https://www.fundacao-ais.pt/uploads/seo/big_1585926010_1526_logo-jpg
15 10
505152304

Notícias

LÍBANO: Fundação AIS vai apoiar a alimentação de meio milhar de famílias carenciadas na Diocese de Baalbek

29 julho 2022
LÍBANO: Fundação AIS vai apoiar a alimentação de meio milhar de famílias carenciadas na Diocese de Baalbek
Longe vão os tempos em que o Líbano era considerado a Suíça do Oriente. Nos últimos anos, o país vive mergulhado numa profunda crise política, financeira e económica que tem arrastado a esmagadora maioria da sua população para a pobreza.

Com uma inflação galopante, apenas comparável à de países como a Venezuela, o Líbano está quase em colapso, após a moeda já ter perdido cerca de 90% do seu valor, reduzindo a cinzas as poupanças das famílias, invisibilizando a compra de combustíveis, o fornecimento de electricidade, até a importação de alimentos ou medicamentos. Calcula-se que, hoje em dia, cerca de três quartos dos libaneses vivam na pobreza.

A Diocese Maronita de Baalbek é uma das mais pobres do país. Nesta região, onde os Cristãos são uma minoria, a pobreza era já comum antes da crise se ter abatido sobre o país. Mas agora, tudo parece estar muito pior. Com o salário mínimo a equivaler a menos de 20 euros por mês, a compra de alimentos, o pagamento das rendas das casas ou a aquisição de medicamentos são uma dor de cabeça para a maioria das famílias.

Neste contexto particularmente difícil e dramático, a diocese tem vindo a tentar ajudar as famílias mais pobres das paróquias, providenciando cabazes alimentares para o dia-a-dia, e pediu apoio à Fundação AIS para que esta solidariedade possa prolongar-se no tempo.

Para isso, a Fundação AIS lançou uma campanha destinada a alimentar as 500 famílias mais pobres da Diocese de Baalbek, dando-se prioridade às mais numerosas, às que têm muitas crianças, ou que têm idosos e doentes a seu cargo.



PA | Departamento de Informação da Fundação AIS | info@fundacao-ais.pt

Comentários

Deixar um comentário
Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

REFUGIADOS LÍBANO



Observatório do país

Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies.
Saiba Mais