Fundação de Ajuda à Igreja que Sofre - Fundação AIS
Rua Professor Orlando Ribeiro, 5D 1600-076 Lisboa, Portugal
(+351) 217544000 apoio@fundacao-ais.pt Fundação AIS 1995
Lisboa
https://www.fundacao-ais.pt/uploads/seo/big_1585926010_1526_logo-jpg
15 10
505152304

Projectos

CAMARÕES: Um curso de formação contínua de dois anos para formadores nos seminários e padres que trabalham no apostolado das vocações

Apoiar Projecto
7 maio 2021
CAMARÕES: Um curso de formação contínua de dois anos para formadores nos seminários e padres que trabalham no apostolado das vocações
Os padres que são responsáveis pela formação das gerações futuras de padres têm uma grande responsabilidade. Para bem dos jovens sob os seus cuidados, eles próprios devem ser testemunhas vivas de Cristo e do Evangelho. No entanto, ao mesmo tempo, devem ser qualificados a um nível intelectual elevado e possuir também uma grande sensibilidade psicológica para com os seminaristas.

Um dos factores mais importantes do seu trabalho é o discernimento necessário para a selecção dos candidatos certos. Escândalos em muitos países demonstraram o quão desastroso pode ser admitir ao sacerdócio o tipo errado de candidatos. Por isso, é urgente fazer uma selecção muito cuidadosa, que começa mesmo antes do jovem entrar no seminário. É essencial que os seus futuros formadores façam previamente um retrato exacto da situação familiar dos candidatos em causa, a fim de discernir se poderá haver problemas psicológicos ou outros no seu desenvolvimento inicial. Isto requer o investimento de muito tempo e energia. Mesmo em África há cada vez mais famílias destroçadas e, como consequência, muitos jovens sofrem de traumas espirituais, mesmo com tenra idade. Cuidar deles de tal forma que ainda possam tornar-se padres fortes e fiéis é um desafio imenso. Tal como o é a tarefa de eliminar os candidatos inadequados. 

Um desafio adicional é o facto de muitos jovens que entram no seminário não terem, de modo algum, uma educação escolar ideal e, consequentemente, existirem deficiências educativas que também têm de ser compensadas. E, por último, mas não menos importante, devem ser lançadas bases para um forte desenvolvimento espiritual, porque um padre que não está profundamente enraizado na relação com Jesus Cristo e não é capaz de viver dela, nunca poderá ser um pastor adequado para o povo de Deus.

É evidente que os sacerdotes responsáveis pela selecção e formação destes futuros sacerdotes enfrentam cada vez maiores desafios no seu trabalho. Por essa razão, a província eclesiástica de Douala estabeleceu um curso de formação contínua de dois anos para aqueles que trabalham na área do apostolado vocacional e nos seminários menores, onde os rapazes estudam e completam o seu ensino secundário com vista a uma possível entrada no seminário maior, e também para os formadores que trabalham nos principais seminários.

A AIS apoia estes cursos com um total de 8000 €.



Apoie este projecto

O seu donativo irá apoiar este ou outro projecto semelhante.

Comentários

Deixar um comentário
Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Consignação Fiscal

Junte-se a esta causa

Doe 0,5% do seu IRS à Fundação AIS

Histórias de Sucesso



O vosso amor ...

Migalhas dadas com muito amor

"Agradecimento ao Senhor pelo amor que nos tem, pela fé e pela comunhão que existe entre os homens que sentem e vivem o sofrimento dos outros. As notícias que a Fundação AIS nos dá todos os meses, fazem-nos estremecer. O filme que nos é apresentado inquieta-nos, ajuda-nos a descobrir Jesus Cristo no outro, e como ele sofre, não tem pão, está doente, marginalizado, comercializado, transacionado como se fosse um objeto. O grupo dos amigos da AIS de Ribeira dos Frades envia mais um cheque que vai junto com as nossas orações, são migalhas dadas com muito amor. Pedimos ao Senhor da Messe que vos ilumine, que envie o seu Espírito sobre a AIS, seus dirigentes e benfeitores, e a todos os homens de boa vontade."

Um grupo de benfeitores de Portugal
Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies.
Saiba Mais