Fundação de Ajuda à Igreja que Sofre - Fundação AIS
Rua Professor Orlando Ribeiro, 5D 1600-076 Lisboa, Portugal
(+351) 217544000 apoio@fundacao-ais.pt Fundação AIS 1995
Lisboa
https://www.fundacao-ais.pt/uploads/seo/big_1585926010_1526_logo-jpg
15 10
505152304

Projectos

NICARÁGUA: Estipendios de Missa para cinco padres albertinos contemplativos

Apoiar Projecto
14 abril 2021
NICARÁGUA: Estipendios de Missa para cinco padres albertinos contemplativos
Os monges de Santo Alberto constituem uma jovem ordem contemplativa formada localmente por padres e religiosos na Nicarágua. Até recentemente não existiam ordens religiosas contemplativas masculinas neste país da América Central e os cinco homens que abraçaram esta vida religiosa em Estelí, no norte do país, são eles próprios bastante jovens, com idades compreendidas entre os 30 e os 40 anos. São, por assim dizer, "pioneiros" da vida monástica no seu país de origem e, ao mesmo tempo, um testemunho da juventude e vitalidade da Igreja na Nicarágua.

Depois do Haiti, a Nicarágua é o país mais pobre de toda a América Latina, onde a Igreja Católica enfrenta inúmeros problemas. Para além da agitação política de 2018, que também trouxe grande sofrimento à Igreja, há muitos desafios pastorais a enfrentar. As seitas são numerosas e muito activas, e hoje a proporção de católicos é quase metade do total dos 6,1 milhões de habitantes do país. Além disso, uma crise económica atingiu muito duramente a Igreja, em particular as comunidades religiosas contemplativas.

Depois chegou a pandemia de coronavírus, tornando as coisas ainda mais difíceis para os irmãos. Por um lado, já não podem aceitar convidados no mosteiro, ao mesmo tempo que o pouco que recebiam de presentes do povo quase que já findou por completo. Além disso, os cinco homens apanharam o vírus, um deles tão gravemente que precisou de cuidados intensivos. O custo dos seus cuidados hospitalares foi mais um peso para a jovem comunidade da Nicarágua.

No entanto, e apesar disso, os irmãos experimentaram a pandemia como um tempo de aprofundamento espiritual. O Pe. Francisco, por exemplo, escreve-nos a dizer, "Durante este tempo, experimentei um crescimento na minha vida de fé."



A AIS tem apoiado regularmente estes jovens monges com Estipêndios de Missa e também ajudámos novamente, recentemente, com 5.400 €. Os Padres sempre celebram estas Santas Missas pelas intenções dos benfeitores que as solicitaram. Desta forma, para além da ajuda material e concreta dada, forma-se uma profunda ligação espiritual entre os benfeitores e os sacerdotes que rezam por eles.


Apoie este projecto

O seu donativo irá apoiar este ou outro projecto semelhante.

Comentários

Deixar um comentário
Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Consignação Fiscal

Junte-se a esta causa

Doe 0,5% do seu IRS à Fundação AIS

Histórias de Sucesso



O vosso amor ...

Migalhas dadas com muito amor

"Agradecimento ao Senhor pelo amor que nos tem, pela fé e pela comunhão que existe entre os homens que sentem e vivem o sofrimento dos outros. As notícias que a Fundação AIS nos dá todos os meses, fazem-nos estremecer. O filme que nos é apresentado inquieta-nos, ajuda-nos a descobrir Jesus Cristo no outro, e como ele sofre, não tem pão, está doente, marginalizado, comercializado, transacionado como se fosse um objeto. O grupo dos amigos da AIS de Ribeira dos Frades envia mais um cheque que vai junto com as nossas orações, são migalhas dadas com muito amor. Pedimos ao Senhor da Messe que vos ilumine, que envie o seu Espírito sobre a AIS, seus dirigentes e benfeitores, e a todos os homens de boa vontade."

Um grupo de benfeitores de Portugal
Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies.
Saiba Mais