Fundação de Ajuda à Igreja que Sofre - Fundação AIS
Rua Professor Orlando Ribeiro, 5D 1600-076 Lisboa, Portugal
(+351) 217544000 apoio@fundacao-ais.pt Fundação AIS 1995
Lisboa
https://www.fundacao-ais.pt/uploads/seo/big_1585926010_1526_logo-jpg
15 10
505152304

Projectos

NIGÉRIA: Apoio às irmãs religiosas no sul da Nigéria

Apoiar Projecto
14 abril 2021
NIGÉRIA: Apoio às irmãs religiosas no sul da Nigéria
O vicariato apostólico de Bomadi situa-se no sul da Nigéria, na região do Delta do Níger. Ao contrário do norte do país, o Islão não desempenha qualquer papel significativo nesta área. A maioria da população ainda segue as religiões tradicionais africanas, embora muitas pessoas estejam muito receptivas à Boa Nova do Evangelho, que está a ajudar a libertá-las do seu medo de espíritos malignos e bruxaria. Mas o trabalho da Igreja não é fácil, uma vez que se trata de uma região de pobreza profunda, com muito poucas infraestruturas, como estradas, e pouco acesso a água potável, cuidados médicos básicos ou electricidade.

Dada a miríade de diferentes vias navegáveis no Delta do Níger, só pelo rio se consegue chegar a muitas das aldeias. A maioria das pessoas consegue sobreviver com dificuldade à base da pesca ou da agricultura de subsistência, e apesar das reservas maciças de petróleo na região, as pessoas comuns ganharam pouco ou nada com a exploração e a produção petrolífera. Pelo contrário, a produção de petróleo provocou uma poluição extensiva das vias navegáveis e as pessoas têm de viver com as consequências. Por exemplo, a mortalidade infantil é mais elevada aqui do que noutras regiões do país.

Consequentemente, o trabalho das irmãs religiosas da região está a trazer grandes bênçãos. Elas ensinam as crianças e ajudam as famílias mais pobres nas suas necessidades. No entanto, ao mesmo tempo, muitas das irmãs, que vêm de outras regiões da Nigéria, têm medo de viajar de barco para estas aldeias remotas, uma vez que não têm experiência com estas vias navegáveis e muitas vezes não sabem nadar.

Por isso, em 2012, o Bispo Egbebo, vigário apostólico, fundou a nova congregação de Nossa Senhora Estrela do Mar, que visa especialmente promover vocações dentro do território do próprio vicariato. Pois, estas mulheres locais estão familiarizadas com os desafios da região do Delta e, por isso, estão bem equipadas para viajar para estas aldeias remotas onde as pessoas precisam da sua ajuda.

No entanto, como resultado da pandemia, as próprias irmãs estão a viver tempos difíceis, uma vez que muitas delas, que antes ensinavam nas escolas, já não recebem qualquer salário. Esta era antes a principal fonte de rendimento para a comunidade. Mas agora mal têm o suficiente para as suas necessidades diárias, ao mesmo tempo que as suas despesas estão a aumentar, uma vez que também têm de comprar desinfectantes e equipamento de proteção individual, a fim de evitar a propagação do vírus e permitir-lhes continuar a trabalhar com a população e, ao mesmo tempo, protegerem-se a si próprias e aos outros.



E, assim, a AIS está a ajudar as irmãs com uma contribuição de 5.500 € para a sua subsistência e o seu ministério.



Apoie este projecto

O seu donativo irá apoiar este ou outro projecto semelhante.

Comentários

Deixar um comentário
Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.

Consignação Fiscal

Junte-se a esta causa

Doe 0,5% do seu IRS à Fundação AIS

Histórias de Sucesso



O vosso amor ...

Migalhas dadas com muito amor

"Agradecimento ao Senhor pelo amor que nos tem, pela fé e pela comunhão que existe entre os homens que sentem e vivem o sofrimento dos outros. As notícias que a Fundação AIS nos dá todos os meses, fazem-nos estremecer. O filme que nos é apresentado inquieta-nos, ajuda-nos a descobrir Jesus Cristo no outro, e como ele sofre, não tem pão, está doente, marginalizado, comercializado, transacionado como se fosse um objeto. O grupo dos amigos da AIS de Ribeira dos Frades envia mais um cheque que vai junto com as nossas orações, são migalhas dadas com muito amor. Pedimos ao Senhor da Messe que vos ilumine, que envie o seu Espírito sobre a AIS, seus dirigentes e benfeitores, e a todos os homens de boa vontade."

Um grupo de benfeitores de Portugal
Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies.
Saiba Mais